Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Valderrama diz que aguarda ‘pedido de desculpas’ de Mbappé

Ex-jogador relembrou declaração de Kylian comparando futebol europeu e sul-americano

Jogada 10|

Jogada10
Jogada10 Jogada10

Já se passou mais de um ano da fatídica declaração dada por Kylian Mbappé onde o atacante do PSG e da seleção francesa apontou que o futebol sul-americano “não é tão avançado quanto na Europa“. Algo que, na sequência das competições em nível global, acabou ‘envelhecendo mal’ e gerando diversas alfinetadas de figuras icônicas do esporte na América Latina.

A última delas foi o histórico ex-atleta colombiano Carlos Valderrama em entrevista dada para o jornal argentino La Nación. Logo depois de um editor do veículo portenho resgatar as palavras de Mbappé e pontuar que Argentina (Copa do Mundo), Brasil (Olimpíadas e Mundia Sub-17) e Uruguai (Mundial Sub-20) conquistaram os torneios recentes, o ‘Pibe’ fez uma adição contundente:

“Ainda não ouvi o Mbappé dizer: ‘Cometi um erro’. Ele nunca jogou na América do Sul… Quando se comete um erro, pode-se dizer: ‘Sim senhor, cometi um erro’. Mas não ouvi isso… Aí está a América do Sul, com títulos e com futebol, mostrou sua presença. Espero que, um dia, Mbappé diga: ‘Desculpe, eu cometi um erro’.”

Valderrama também deu sua opinião sobre como enxerga a mudança no estilo mais físico e tático do futebol na atualidade em relação ao seu tempo bem como as principais figuras atuais da seleção colombiana, camisa a qual vestiu em 111 oportunidades entre amistosos, Eliminatórias e nas Copas de 1990, 1994 e 1998.

Publicidade

“O futebol atual é diferente do nosso, mas eu gosto dele, não me aborrece. Mudou, sim, mas como tudo na vida. Temos de nos adaptar na vida para seguir adiante assim como nos adaptamos ao futebol de hoje. (O futebol atual) É bom também”, respondeu o ex-jogador, concluíndo:

“Agora há dois (grande nomes na seleção da Colômbia)… Há o Lucho Díaz, que é um dos novos, mas também há o Cuadrado, que é da geração anterior, mas que ainda está em forma. Ele está em forma… temos as duas gerações: Cuadrado, dos veteranos e, dos novos, Lucho Díaz.”

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.