Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Uruguai elimina EUA da Copa América e termina em 1º no Grupo C

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Vexame dos Estados Unidos, pois o país anfitrião, com a derrota por 1 a 0 para o Uruguai, deu adeus à Copa América. Neste duelo realizado no Arrowhead Stadium, em Kansas City, nesta segunda-feira (1/7), pela terceira rodada do Grupo C, os americanos precisavem vencer para não ficarem na dependência do que ocorreria no jogo entre Panamá x Bolívia. Até que tentaram. Mas a Celeste, com um jogo cauteloso e eficiente, levou a melhor. O gol que definiu o placar veio aos 21 do segundo tempo, do zagueiro Mathías Olivera.

O Uruguai fecha, assim, a sua campanha no Grupo C da Copa América com campanha 100%: nove pontos e três vitórias, em primeiro lugar e aguardando quem será o segundo colocado do Grupo D (Brasil ou Colômbia). Já os anfitriões Estados Unidos, com três pontos, está eliminado. Afinal o Panamá, ao vencer a Bolívia por 3 a 1 no outro jogo do grupo, chegou aos seis pontos. A Bolívia, com zero, terminou em último.

Uruguai fechado na defesa

Praticamente classificado às quartas (teria de ser goleado por quatro gols para sair), o Uruguai, mesmo com força máxima, tratou de fazer um jogo cauteloso. Bastante defensivo, apesar de manter praticamente a mesma posse de bola, tentando suportar a pressão dos americanos, que precisavam da vitória ou estariam eliminados desta Copa América em que é anfitrião. Dessa forma, foi do time americano as primeiras oportunidades, bem rechaçadas pela defesa ou pelo goleiro Rochet (que defende o Internacional-RS).

Publicidade

Mas, depois dos 20 minutos, os americanos simplesmente pararam de chutar. Aos 25, o atacante uruguaio Maxilimiliano Araújo sofreu um choque na cabeça e foi substituído. Entrou Olivera. Depois dos 30 minutos, a Celeste passou a aparecer mais em contra-ataques e quase marcou com Nández, mas o zagueiro Ream salvou quando a bola estava entrando.

Celeste marca; Adeus, Estados Unidos

Publicidade

No segundo tempo, o time americano, com o apoio da torcida, ficou em cima. Mas de forma atabalhoada e sem finalizar a gol. Já o Uruguai chegava bem em contra-ataques e nas bolas paradas. E fez 1 a 0 aos 21. De la Cruz cobrou falta na cabeça do zagueiro Ronaldo Araújo. O goleiro Turner defendeu parcialmente e Mathías Olivera apareceu para mandar para a rede. O VAR demorou três minutos, mas confirmou o tento. Os EUA davam espaços e o Uruguai teve chance de ampliar em contra-ataques, enquantos os americanos simplesmente não chutavam a gol (no fim do jogo, a Celeste deu 15 finalizações, contra apenas quatro dos americanos).

ESTADOS UNIDOS 0X1 URUGUAI

Publicidade

3ª rodada do Grupo C da Copa América
Data: 1/7/2024
Local: Arrowhead Stadium, Kansas City (EUA)
ESTADOS UNIDOS: Turner; Scally (Wright, 33’1/2ºT), Richards, Ream (Tillman, 44’/2ºT) e Robinson; Adams,  McKennie, Musah (Sargent, 26’/2ºT) e  Reyna; Balogun (Pepi, 40’/1ºT) e Pulisic. Técnico:  Gregg Behalter
URUGUAI: Rochet; Nández, Ronald Araújo, Mathías Olivera e Viña (Giménez, 26’/2ºT); Ugarte (Cáceres, 43’/2ºT), Valverde, Pellistri e De la Cruz ; Darwin Núñez (Luis Suárez, 43’/2ºT) e Maximiliano Araújo (Olivera, 26’/2ºT). Técnico: Marcelo Bielsa*
(*) Como Marcelo Bielsa cumpre suspensão, seus auxiliares Diego Reyes e Pablo Quiroga estarão na beira do campo
Gol: Mathías Olivera, 21’/2ºT (0-1)
Árbitro: Kevin Ortega (PER)
Auxiliares: Michael Orue e Stephen Atoche (PER)
VAR: Carlos Orbe (EQU)
Cartões Amarelos: Adams, Richards (EUA); Darwin Núñez (URU)

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.