Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Tiquinho bate recorde na carreira e vira top 8 do Botafogo no século

Com os dois gols sobre o Coritiba, atacante chega a 24 na temporada e deixa Pimpão para trás lista de artilheiros alvinegros

Jogada 10|

Jogada10
Jogada10 Jogada10

A fase de Tiquinho Soares, pelo Botafogo, é cada vez mais impressionante. Além da artilharia isolada no Campeonato Brasileiro, o atacante quebrou seu próprio recorde na carreira em uma mesma temporada. Com os dois gols sobre o Coritiba, no último domingo, já são 24 em 2023 com a camisa alvinegra. Além disso, entrou no top 8 do clube no século, ultrapassando o número de gols de Rodrigo Pimpão.

Até então, os principais momentos de Tiquinho haviam sido no Porto, em 2018/2019, com 22 gols, e em 2019/2010, com 19 gols. A média também aumentou bastante. Afinal, são 36 partidas e um total de 0.68 por jogo. Na temporada recordista na Europa, chegou a 0.53 gols.

Melhores anos de Tiquinho em média de gols:

Botafogo 2023: 24 gols em 36 jogos – 0,67

Porto: 2018/19: 22 gols em 41 partidas – 0,53

Publicidade

Porto: 2019/20: 19 gols em 48 jogos – 0.39

Referência dos ‘misters’

Desde que chegou ao Botafogo, o camisa 9 foi comandado por técnicos portugueses que o admiram. Por 14 meses, Luís Castro fez referências ao pupilo, que foi seu algoz na época que trabalhou em time menores da Série A lusa. Agora, é a vez de Bruno Lage, que tem história no Benfica, o grande rival do Porto. Após a goleada sobre o Coritiba, o novo mister enalteceu o craque e o comparou a outros destaques do futebol europeu.

Publicidade

– Conheço o Tiquinho muito bem. Fomos adversários quando ele estava no Porto e eu no Benfica. Era um adversário muito difícil. Agora, é um enorme prazer trabalhar com ele. O Tiquinho é o exemplo, e trabalhei com outros jogadores assim, como Raul Jimenez, João Félix, que estão sempre ligados no jogo, nos momentos ofensivos e defensivos. Há quem pense que não tem que marcar atrás para estar fresco para marcar gols na frente. O Tiquinho em 90 minutos voou, ajuda a defesa e marca os gols. É um exemplo. Muito orgulhoso de trabalhar com ele. Ele merece nessa altura ser uma referência, mais uma vez, de um grande clube”, afirmou Lage.

Aliás, com a distância cada vez maior para os concorrentes, cresce junto a esperança de o Botafogo ter, novamente, um artilheiro do Brasileirão. Fato que não ocorre há 28 anos, desde que Túlio Maravilha conquistou o posto e ajudou a dar o histórico título de campeão ao Alvinegro.

Publicidade

Lista de artilheiros do Botafogo no século XXI:

1º: Dodô – 90 gols

2º: Lúcio Flávio – 64 gols

3º: Loco Abreu – 63 gols

4º: Germán Herrera – 51 gols

5º: Alex Alves – 34 gols

: André Lima – 34 gols

: Sassá – 34 gols

8º: Tiquinho Soares – 30 gols

9º: Rodrigo Pimpão – 28 gols

9º: Maicosuel – 26 gols

11º: Seedorf – 24 gols

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.