Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Thiago Silva celebra retorno ao Fluminense: ‘Feliz em voltar para casa’

Defensor, de 39 anos, assina contrato até junho de 2026 para ser o principal reforço do clube carioca nesta temporada

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

- Foto: Divulgação/Fluminense

O Fluminense anunciou, na manhã desta terça-feira (7), a contratação do zagueiro Thiago Silva, que assinou contrato até junho de 2026 para ser o principal reforço do clube nesta temporada. Assim, em live no perfil oficial do clube no Instagram, o defensor conversou com o presidente Mário Bittencourt e falou sobre o retorno ao Tricolor, que considera como uma verdadeira “convocação”.

“Muito feliz em voltar para casa. Felicidade enorme. Não vejo a hora de desembarcar no Rio para começar o trabalho e ajudar da melhor maneira possível dentro de campo. É uma convocação! Feliz demais de estar voltando. A gente vinha conversando ao longo dos meses”, disse.

“Foi uma decisão difícil, no lado pessoal, familiar. meu maior patrimônio é a minha família e eu vou deixá-los aqui por um momento. Minha esposa me entendeu, perguntou para onde eu queria ir. E ela disse que estamos juntos. Para quem julgou, saibam que ela foi a primeira a me mandar ir. Dessa forma, estaremos cada vez mais unido”, completou.

Publicidade

“Eu não vejo a hora de reencontrar a torcida, enquanto me passa a imagem da apresentação do Marcelo. Vem aquele filme. Meu último jogo no Maracanã foi emocionante, eu entrei com meu filho no colo e ele tinha 20 dias. Hoje ele tem 15 anos. Quero, inclusive, repetir essa foto. Vai ser uma imagem que vai rodar o mundo. Eu fico muito feliz, de verdade, de ter a oportunidade de vestir essa camisa, que é pesada e especial. Eu tenho essa oportunidade pela segunda vez”, concluiu.

Reencontro com Diniz

Publicidade

Em 2004, Thiago Silva e Fernando Diniz atuaram juntos com a camisa do Juventude. Naquela ocasião, o defensor estava no início da promissora carreira, quando surgiu Pedrabranca, que na época se chamava RS Futebol Clube. Assim, em Caxias do Sul, o jogador entrou em campo 29 vezes e marcou três gols. Sendo assim, exatamente há 20 anos, a equipe gaúcha encerrava o Brasileirão, o segundo da era dos pontos corridos, na sétima colocação.

“Eu aposentei o Fernando Diniz (risos). O Diniz, por sinal, é um cara especial. Eu tenho um carinho grande. Apesar do pouco tempo no Juventude, a gente não teve tanto entrosamento, ele já era mais velho e eu estava chegando. Mas ele sempre me respeitou. Tinha, aliás, uma habilidade técnica incrível. Quando eu vejo o Fluminense jogar, eu vejo a cara do Fernando Diniz no time”, frisou.

Lembranças da estreia

O presidente do Fluminense revelou que o Chelsea permitiu que o defensor já utilizasse a camisa do clube carioca durante a live. Por fim, o mandatário afirmou que tem muito carinho pelos Blues e que o zagueiro teve uma proposta do mundo árabe no início do ano, porém deu sua palavra de só decidir o futuro da carreira depois de conversar com o Tricolor.

“Assim, a primeira coisa que veio na minha cabeça foi a minha estreia no Maracanã. Acho que foi um 2 a 0 contra o América. Foi a primeira vez que eu vi meus familiares na arquibancada. Eles gritavam meu nome, até o massagista falou. A partir do momento que vesti a camisa de novo, me veio o Maracanã antigo, a minha família… Enfim, foi um momento muito especial que com certeza está na minha mente. Assim, parece que essa passagem foi ontem, mas já tem 16 anos. E nesse processo todo eu tive a certeza que eu voltaria para casa’, finalizou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Publicidade

 

 

 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.