Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Textor defende gramado sintético: ‘Não jogaremos em campos de bezerro’

Acionista do Botafogo concede entrevista na quarta-feira (06/03) e alerta para os impactos positivos da grama artificial

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

O uso do gramado sintético é reprovado por muitos clubes brasileiros e vem gerando polêmicas nos últimos meses. No entanto, John Textor, acionista majoritário do Botafogo, é um dos adeptos do campo artificial e pretende continuar usando no Nilton Santos. LEIA MAIS: Textor analisa futuro de Marlon Freitas e relembra demissão de Bruno Lage: ‘Cometi um erro’

Uso do gramado sintético

“A saúde dos jogadores está em melhores condições no sintético. Afinal, temos uma alta qualidade que está creditada até por jogadores de outros clubes. No entanto, as vezes, pessoas que nem pisam na grama ou jogam futebol falam bobagem. Portanto, eu queria que eles olhassem o sistema que nós criamos. A grama no Brasil é diferente”, disse John Textor ao “ge”. “Aliás, olhe para todas lesões de tornozelo e nas pernas que tivemos em gramados ruins. Se vamos jogar em campos de bezerros na liga, as pessoas devem investir em campos 80% naturais e 20% sintéticos, que é o padrão das grandes ligas no mundo”, completou John Textor.

Posicionamento do Botafogo

Foto: Vítor Silva/Botafogo
Foto: Vítor Silva/Botafogo Foto: Vítor Silva/Botafogo (Jogada 10)

Na última quarta-feira (06/03), alguns clubes brasileiros se reuniram com a CBF e pediram pela proibição do gramado sintético. O modelo é adotado pelo Botafogo desde 2023, com objetivo de otimizar as manutenções do campo e realizar shows sem interferir na qualidade do campo. Além do Glorioso, Palmeiras e Athletico-PR também utilizam a grama artificial em seus estádios.

“O Brasil merece a qualidade dos melhores lugares do mundo, futebol é bom como em qualquer lugar do mundo. Isso pode impactar nossos shows, mas arrumaremos um jeito. Se quiserem ir para a grama natural no ano que vem, nós iremos. Não enganem, não jogaremos em campo de bezerro, não faz bem aos jogadores”, finalizou John Textor.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.