Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

‘Tenho gratidão, mas não amo mais’, diz Felipe Melo sobre relação com o Flamengo

Revelado pelo Flamengo, Felipe Melo relembra conversa com Marcos Braz sobre um possível retorno ao Rubro-Negro em 2018

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução Foto: Reprodução (Jogada 10)

Ídolo no Fluminense, Felipe Melo já jurou amor ao Flamengo, clube que o revelou. No entanto, após 11 anos de sua despedida do Rubro-Negro para o Cruzeiro, o zagueiro perdeu a identificação com o clube da Gávea. No entanto, isso não apaga a sua gratidão por sua formação. Neste sentido, o tricolor não nega o carinho pelo Flamengo, mas “não ama mais”.

“Então, eu não tenho problema nenhum em dizer que eu tenho muita gratidão e a minha gratidão pelo Flamengo vai ser eterna. Mas eu não amo mais o Flamengo. Agora seria uma hipocrisia muito grande e uma… tem o tal do politicamente correto. Eu não sou politicamente correto. Se me perguntarem, eu vou responder”, disse Felipe Melo ao “Ge”.

“Esses idiotas têm usado a internet pra falar quando a gente joga, sempre que a gente joga no Flamengo ‘mas o Felipe Melo, ele não gosta do Flamengo porque o Flamengo não quer o Felipe Melo’. Nunca teve isso. Nunca, nunca, eu nunca tive uma oferta do Flamengo, mas eu sempre demonstrei o carinho que eu tive pelo Flamengo. Eu botei dinheiro meu dentro do Flamengo, o Tijolinho, eu tenho o Tijolinho na minha casa. Eu botei dinheiro meu na época do Tijolinho da Patrícia Amorim, no Flamengo”, completou.

Chance para voltar ao Flamengo?

Campeão da Libertadores por Palmeiras e Fluminense, Felipe Melo relembrou uma conversa com Marcos Braz, vice-presidente do Flamengo, sobre uma possível negociação com o Mais Querido.

Publicidade

“Quando ganhamos o Brasileiro em 2018, o Marcos Braz foi dentro da minha casa. E eu falei: ‘Olha, vocês têm que fazer uma oferta para o clube’. Acabou que, por circunstâncias, não aconteceu. E graças a Deus não aconteceu, porque fui bicampeão da Libertadores pelo Palmeiras”, explicou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.