Jogada 10 Técnico é preso dentro do estádio antes de jogo do estadual

Técnico é preso dentro do estádio antes de jogo do estadual

Marcinho Guerreiro, treinador do Moto Club, foi preso por falta de pagamento de pensão alimentícia. Clube se manifesta pelas redes...

Jogada 10
Foto: Ariel Lemos/Moto Club

Foto: Ariel Lemos/Moto Club

Jogada 10

O técnico Marcinho Guerreiro, do Moto Club, foi preso na noite dessa quarta-feira (17), momentos antes do jogo contra o Imperatriz, válido pela segunda rodada do Campeonato Maranhense. O motivo da prisão foi por falta de pagamento de pensão alimentícia.

Marcinho chegou a acompanhar o aquecimento da sua equipe. No entanto, ao descer para os vestiários e passar as últimas instruções aos seus atletas, um oficial de justiça e uma viatura já estavam aguardando para a prisão.

Após ser preso, o técnico foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Imperatriz. Então, a prisão tem duração de 60 dias.

LEIA TAMBÉM: Nova versão de Daniel Alves é por ‘desespero’ da defesa, diz imprensa espanhola

Em seguida, o Moto Club divulgou uma nota oficial sobre a situação e garante que não tinha conhecimento da situação. “Diante do ocorrido com o técnico Marcinho Guerreiro, o Moto Club informa que não tinha ciência de qualquer situação envolvendo o técnico e que, após apuração de todos os fatos, tomará as medidas cabíveis”.

Curiosamente, após a prisão, outro filho de Marcinho precisou comandar a equipe no gramado. Lucas Guerreiro ficou com a missão, já que é o auxiliar. A partida, no entanto, terminou com derrota do Moto Club, por 3 a 1.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas