Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

STJD impede Cuiabá de cobrar ingresso mais caro para rubro-negros

Após reclamações de torcedores rubro-negros, vice-presidente do Cuiabá afirma que jogo será "produto mais importante do ano"

Jogada 10|

Jogada10
Jogada10 Jogada10

O STJD determinou que o Cuiabá não poderá aplicar preços mais caros para torcedores rubro-negros na partida do dia 6 de agosto, pelo Brasileirão. A decisão partiu após o clube carioca entrar com uma medida inominada no órgão após o adversário anunciar a venda dos ingressos por R$ 250 e R$ 300 para os setores Norte superior e inferior, respectivamente.

Tudo começou quando torcidas organizadas do Flamengo registraram um Boletim de Ocorrência alegando preço abusivos para os rubro-negros na partida na Arena Pantanal. Dessa forma, sabendo do ocorrido, o jurídico do clube da Gávea entrou em ação, alegando que nos setores opostos, o Cuiabá aplicou R$ 50 e R$ 150, respectivamente.

Assim, com a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, o Cuiabá cobrará os mesmos valores para os seus torcedores e para os torcedores visitantes.

Apesar do ‘fator Messi’, Inter Miami fica atrás de Flamengo em rede social

Publicidade

Explicação do Cuiabá ao protesto de rubro-negros

O Cuiabá, por sua vez, buscou informar os seus torcedores do ocorrido. Assim, segundo o vice-presidente Cristiano Dresche, a partida contra o Flamengo é o “produto mais importante do ano”. Assim, o clube optou, inicialmente, pelo valores mais caros.

“O Cuiabá não está buscando enriquecimento cobrando esses valores nos ingressos. O Cuiabá está buscando apenas pagar as suas contas… O jogo do Flamengo é o nosso produto mais importante do ano. É a oportunidade que o Cuiabá tem de arrecadar dinheiro para pagar essas contas”, publicou o Cuiabá.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.