Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Sob gritos de olé, Grêmio perde para Juventude no Alfredo Jaconi

Alviverde ignora o frio e mantém invencibilidade no Alfredo Jaconi ao superar o Tricolor gaúcho, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Divulgação/Juventude

Um clássico quente sob o frio de 7º da Serra Gaúcha e um roteiro habitual nesta edição de Brasileirão. Sob gritos de olé, o Juventude superou o Grêmio na tarde deste domingo (07), por 3 a 0, e manteve a invencibilidade no Alfredo Jaconi.

Primeiro tempo

O clássico teve contornos interessantes desde o início. O Grêmio sofreu três faltas antes dos primeiro cinco minutos e em uma dessas, aos 06′, Reinaldo obrigou Gabriel a realizar a primeira boa defesa da partida. Depois do lance, no entanto, o Juventude se impôs dentro de casa e manteve o controle da partida, com mais volume de jogo e mais posse de bola.

A intensidade da partida mudou a partir dos 20 minutos. O primeiro ‘UH’ da torcida alviverde ocorreu aos 22′, quando João Pedro finalizou na meia lua da grande área e acertou a trave após cobrança de escanteio. Dos 23′ aos 30′: show de Gilberto. Antes de abrir o placar, aos 24, o centroavante tinha cabeceado para fora.

Publicidade

Em tarde para reencontrar motivação, Gilberto já incomodava quando girou sob a marcação tricolor de frente da grande área e finalizou no cantinho para abrir o placar. O centroavante teve outras duas chances de ampliar para o Juventude logo depois, mas foi João Lucas quem balançou as redes. Na marca do pênalti, o camisa 2 aproveitou a falha de Geromel, que cortou mal, e marcou o segundo do Alviverde.

Polêmicas

Publicidade

Edenílson marcou de cabeça para o Grêmio aos 34 minutos do primeiro tempo, após cobrança de escanteio. O gol, no entanto, acabou anulado depois da revisão do VAR e causou polêmica devido ao posicionamento do volante.

A segunda polêmica ocorreu nos acréscimos. Jogadores do Grêmio pediram um pênalti em Villasanti após um choque com o defensor do Juventude. Os tricolores cobraram a marcação da cotovelada, mas o árbitro mandou seguir.

Publicidade

Segundo tempo

A segunda etapa começou exatamente como o fim da primeira: com polêmica. O Grêmio deu liberdade a Jean Carlos, que aproveitou o espaço e achou um excelente passe em progressão para Erick Farias. O atacante arrancou entre os defensores e tocou na saída de Rafael Cabral para ampliar a vantagem. No entanto, o árbitro de vídeo apareceu novamente em cena para invalidar o lance. Desta vez, no entanto, por falta em Everton Galdino na origem da jogada.

A tônica do segundo tempo foi naturalmente diferente da do primeiro. Com a vantagem, o Juventude trabalhou com mais tranquilidade e soube se aproveitar dos erros defensivos do Grêmio. O Tricolor, por sua vez, precisava correr atrás do prejuízo e soube contornar a má composição do ataque exercendo certa pressão, mas com problemas crônicos no último passe.

Erick Farias carimbou a vitória do Juventude aos 37 minutos da segunda etapa. João Lucas recuperou a bola na linha de fundo e acertou um cruzamento na medida para o atacante, que só precisou desviar de perna para o fundo das redes.

JUVENTUDE X GRÊMIO

15ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Alfredo Jaconi, Caxias do Sul (RS)
Data: 7/7/2024
Público:
JUVENTUDE: Gabriel, João Lucas, Danilo Boza (Rodrigo Sam, 21’/2ºT), Lucas Freitas, Alan Ruschel (Gabriel Inocêncio – intervalo), Caíque, Jadson, Jean Carlos (Luis Mandaca, 30′,2ºT), Lucas Barbosa (Ewerthon, 21’/2ºT), Erick Farias e Gilberto (Gabriel Taliari, 30′,2ºT). Técnico: Roger Machado
GRÊMIO: Rafael, João Pedro, Geromel (Du Queiroz – intervalo), Gustavo Martins, Reinaldo, Dodi, Villasanti, Edenilson (Everton Galdino – intervalo), Cristaldo, Pavón (Nathan Fernandes, 15’/2ºT) e Gustavo Nunes (Alysson, 28’/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho
Gols: Gilberto, 24’/1ºT (1-0); João Lucas, 31’/1ºT (2-0); Erick Farias, 83’/2ºT
Árbitro: Matheus Delgado Candançan (SP)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)
VAR: Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC)
Cartões amarelos: Lucas Barbosa (JUVE); Pavón, Gustavo Martins e Reinaldo (GRE)

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.