Jogada 10 Serginho detalha conversa com Ramón antes de entrar em campo contra o RB Bragantino

Serginho detalha conversa com Ramón antes de entrar em campo contra o RB Bragantino

Com contrato até o fim de 2025, Serginho externou sua sensação ao receber a proposta do Vasco e falou sobre o seu futuro no clube

Jogada 10

Serginho jamais esquecerá do que viveu no dia 6 de dezembro. Reserva, entrou no lugar de Payet e fez o gol da vitória do Vasco contra o Red Bull Bragantino, que garantiu a permanência do time na Série A. Cerca de duas semanas após esse dia memorável, o herói cruz-maltino detalhou como foi essa noite em São Januário e sua conversa com Ramón Díaz antes de entrar.

Foto: Leandro Amorim/Vasco

Foto: Leandro Amorim/Vasco

Jogada 10

Em entrevista ao “Ge”, o atacante afirmou que jamais imaginou que viveria este roteiro na reta final do Brasileirão. Segundo ele, com a saída de Payet, o treinador argentino pediu para que, além de explorar o lado esquerdo do campo, entrasse na área. Foi lá, aliás, que conseguiu marcar o gol salvador.

“Eu sempre pensei que poderia ajudar o Vasco de alguma forma, que seria importante e foi por isso que aceitei a proposta do clube. Mas acabou que tudo terminou de uma forma melhor ainda, e fiquei muito feliz por ter acreditado até o final e ajudado o Vasco”, disse Serginho.

“Eu não tinha jogando, mas sempre acreditei muito no meu trabalho e segui treinando e me dedicando todos os dias. Esperei a oportunidade com humildade e quando o Ramon me chamou para entrar, pediu para eu ser intenso, dar profundidade pelo lado esquerdo e pisar dentro da área. Graças a Deus estive lá e pude marcar o gol”, completou.

Sensação ao receber a proposta do Vasco

Serginho chegou ao Vasco em junho, após deixar a Europa (estava por lá há oito temporadas). Com contrato até o fim de 2025, o atacante explicou como foi a sua reação ao saber da oferta do Vasco. Além disso, falou sobre o seu futuro no clube.

“Quando escutei a proposta do Vasco, quis vir imediatamente. Naquele momento, talvez muitos jogadores não topassem vir pelo que estava acontecendo, mas eu quis encarar esse desafio, até pessoal mesmo, e graças a Deus tudo deu certo no final. Sempre ouvi falar de São Januário, da torcida, e pude comprovar que é uma das atmosferas mais incríveis que existem. Cheguei em casa após um dia de treino e meu empresário me apresentou a proposta do Vasco. Não tive dúvidas em aceitar”, explicou.

“Eu tenho contrato com o Vasco pelos próximos dois anos, então espero que possa seguir aqui e fazer um ano de 2024 de muitas conquistas e alegrias, que é o que a torcida do Vasco merece”, complementou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas