Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

São Paulo faz planos para ter ‘quarteto mágico’ em campo

Tricolor espera escalar Calleri, Luciano, Lucas Moura e James Rodriguez juntos, nas próximas partidas da equipe na temporada

Jogada 10|

Jogada10
Jogada10 Jogada10

O torcedor são-paulino é um dos grandes empolgados, no Brasil, neste momento. Classificado para a final da Copa do Brasil e para as quartas da Copa Sul-Americana, o Tricolor vive uma lua de mel com sua torcida neste momento. Contudo, os simpatizantes do Soberano querem mais. Afinal, há uma grande expectativa para saber quando Dorival Júnior usará seu “quarteto mágico” com Calleri, Luciano, Lucas Moura e James Rodriguez.

Os quatro nunca jogaram juntos. Lucas atuou em quatro partidas desde que voltou, e James fez sua segunda. Contra o Flamengo, há uma semana, os dois estiveram em campo ao mesmo tempo por apenas dez minutos. Contudo, Calleri não saiu do banco, e Luciano não foi relacionado para o confronto.

Já contra o Corinthians, pelo jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil, James Rodríguez não saiu do banco, enquanto Luciano estava suspenso. Apenas Calleri e Lucas Moura atuaram no confronto. Apesar de ainda não ter acontecido, o São Paulo já tem planos para o quarteto.

“A gente ainda não conseguiu trabalhar esta situação (com os quatro treinando juntos). Foi uma sequência muito grande de jogos, mas daqui para frente teremos um tempo um pouco maior, com a parada para a seleção. Vamos trabalhar estas situações”, disse Lucas Silvestre, auxiliar de Dorival, que prosseguiu.

Publicidade

“Vai depender muito dos quatro. Se as funções defensivas forem executadas, não tem por que não colocar grandes atletas em campo”, completou o auxiliar.

Uso do quadrado mágico no São Paulo, se passa por James

O principal motivo para o quarteto ainda não ter atuado junto se passa por James Rodriguez. Luciano e Calleri já estão muito bem entrosados no São Paulo, e Lucas Moura chegou mostrando que tem muito a contribuir. Contudo, o colombiano ainda vive processo de adaptação e precisa ganhar de ritmo de jogo.

Publicidade

James atuou cerca de meia hora na estreia, e, contra o Botafogo, atuou por 45 minutos. A tendência é que ele ganhe mais minutos aos poucos, pois ficou quatro meses sem jogar entre a saída do Olympiacos, da Grécia, até a chegada ao São Paulo.

“Ele vem evoluindo muito na parte física. É uma carga gradativa, porque neste momento o risco de lesão é muito grande para um atleta que vem retornando. A base são os dados da fisiologia, que nos abastece sobre os jogos e também os treinamentos dele”, concluiu Lucas Silvestre.

Publicidade

Agora, o torcedor são-paulino terá mais uma chance de ver o quarteto junto na próxima quinta-feira (24). O Tricolor encara a LDU, em Quito, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. Os quatro jogadores devem ser relacionados e podem atuar juntos pela primeira vez.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.