Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

São Paulo emite nota contra Textor: ‘Cure as feridas dentro de campo’

Tricolor repudiou as ações do dono da SAF do Botafogo após o empresário insinuar novamente que ouve manipulação no Choque-Rei do ano...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Vitor Silva/Botafogo.

O São Paulo emitiu uma nota oficial repudiando as ações do dono da SAF do Botafogo, John Textor, que segue acusando o clube paulista de manipulação durante o clássico contra o Palmeiras, pelo Brasileirão do ano passado. Na ocasião, o Tricolor perdeu a partida para o rival por 5 a 0. De acordo com o empresário norte-americano, houve conduta suspeita da equipe derrotada no embate.

Em meio à nota oficial, o São Paulo disse que não vai aceitar que o empresário siga com as mentiras. Além disso, afirmou que vai acionar à Justiça. O clube paulista também busca o banimento de John Textor do futebol.

Publicidade

“O São Paulo Futebol Clube mais uma vez é obrigado a vir a público para repudiar e refutar acusações infundadas contra a instituição e, principalmente, contra seus atletas”, diz um trecho da nota.

“O Clube não tolera que afirmações sem provas mais uma vez coloquem em dúvida a lisura e o profissionalismo de seus jogadores e irá seguir trabalhando para que irresponsáveis autores dessas acusações respondam em todas as esferas da Justiça e sejam banidos do futebol”, completa a nota.

Publicidade

São Paulo já está na justiça contra Textor

A análise de John Textor sobre uma possível manipulação acabou sendo feita pela ‘Good Game’. A empresa já trabalhava para o norte-americano no Lyon e decidiu fazer uma análise em jogos do Botafogo.

Publicidade

No relatório, diz que houve comportamento anormal de jogadores tricolores. O documento fala que os atletas tiveram situações anormais durante o embate. O São Paulo repudiou e refutou todas as acusações.

O Tricolor já acionou a Justiça repudiando as atitudes do empresário. Além disso, o presidente do São Paulo, Júlio Casares, foi convidado a depor na CPI e criticou as ações de Textor.

“Por fim, o São Paulo FC espera que o Botafogo, um clube protagonista na história do esporte, resolva suas diferenças e cure feridas esportivas dentro de campo”, finaliza a nota.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.