Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Sampaoli chama título da Libertadores de ‘sonho’ e projeta final

Em entrevista ao Galinho Zico, Jorge Sampaoli elogia estrutura do Flamengo e fala sobre pressão em treinar o "maior time do mundo"

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Jogada10
Jogada10

Jorge Sampaoli, técnico do Flamengo, foi o convidado de Zico no programa “Resenha do Galinho” na noite de quinta-feira (27). Durante a entrevista com o maior ídolo do clube carioca, o técnico argentino abordou diversos assuntos sobre o momento do Mais Querido. Neste sentido, Sampaoli projetou uma possível chegada de sua equipe na final da Libertadores, que neste ano será no Maracanã.

“A Libertadores, em jogos de mata-mata, é diferente. No mata-mata os times são muito fortes em casa, lamentavelmente o Flamengo vai ter que decidir com o Olimpia fora de casa, mas estou confiante que o Flamengo possa chegar à final, no Maracanã”, disse Sampaoli. O jogo de ida entre Flamengo e Olimpia será nesta quarta-feira.

“Eu confio muito (em sua equipe). O time tem a particularidade de ter passado por uma crise antes da minha chegada, o Flamengo perdeu quatro finais seguidas, isso não é normal. Assim, isso é um processo de reestruturação. É sempre importante aprofundar uma ideia com títulos. É uma oportunidade, a Libertadores é um sonho para mim”, disse Sampaoli em outra passagem da conversa.

Falando em final, qual seria um provável adversário?

Na outra chave do Flamengo, outros grandes times do futebol sul-americano brigarão pela outra vaga à final do torneio. Questionado sobre um possível adversário, Sampaoli indiciou duas fortes equipes. Uma delas velha conhecida do Flamengo.

Publicidade

“Olhando para o outro lado do sorteio, imagino que Boca e Palmeiras são os que têm mais chances (de avançar para a final da Libertadores) porque no confronto direto eles ficam maiores e são times com muita história”, explicou Sampaoli.

Veja outras respostas de Sampaoli

Surpresa com a estrutura do Flamengo (Ninho do Urubu)

“A estrutura do Flamengo é muito superior a do Sevilla, eu estive lá duas vezes. É bem parecida com a do Olympique de Marseille, Lyon e Barcelona. Os jogadores tem tudo, é só jogar, por isso minha responsabilidade é muito grande.”

Publicidade

Pressão da torcida do Flamengo, o “maior time do mundo”

“A cobrança do torcedor é contínua. Aliás, para mim, o futebol sempre vai ser o jogador, sempre vai estar acima do treinador. O técnico tem que fazer com que o jogador renda o máximo que ele pode. É um desafio muito grande porque estou no Flamengo, é o maior time do mundo. A quantidade de torcedores que o Flamengo tem torna ele o maior (do mundo). Nós atendemos a alegria de muita gente.”

Inspirações no futebol como treinador

“Normalmente, quando quero ver futebol por prazer, assisto ao City ou então o Brighton, do De Zerbi. Alguns times pontuais que jogam um jogo posicional, um jogo ofensivo. Inicialmente foi o (Marcelo) Bielsa, um técnico que me chamava muita atenção por ser treinador muito ofensivo, mas eu gostava muito do Cruyff. Para mim o Cruyff, a escola holandesa, ofensiva, eu gostava muito.”

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.