Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Saiba os próximos passos de Pedrinho como presidente do Vasco

Clube associativo não tem ingerência no futebol, mas toca outras frentes como São Januário e a busca pelas Certidões Negativas de Débitos...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Daniel RAMALHO/Vasco
Foto: Daniel RAMALHO/Vasco Foto: Daniel RAMALHO/Vasco (Jogada 10)

O presidente Pedrinho já chega, nesta quinta-feira (28), a 64 dias no comando do Vasco. O que não quer dizer que é ele quem realiza todas as ações, visto que, agora como SAF, o presidente do clube associativo não possui muita ingerência nas tomadas de decisões sobre o futebol.

Dos 100% das ações da SAF vascaína, 30% são do CRVG, o que torna o clube como sócio minoritário e o presidente reclamou da distância junto aos gestores. Com isso em mente, o que esperar dos próximos meses do ex-jogador e dos maiores ídolos da torcida cruz-maltina?

Segundo relatório com resumo dos primeiros 60 dias de gestão, os próximos passos dizem respeito à reforma de São Januário, conquista de Certidões Negativas e obtenção de novas receitas. A escolha da segunda cadeira no Conselho de Administração da SAF, aliás, também está entre as demandas.

Cadeira da SAF, reforma de São Januário e mais

Na coletiva da última quarta (27), Pedrinho confirmou, então, que nomeará Paulo Salomão, primeiro vice-presidente de sua chapa. O presidente revelou que a cadeira nunca fora prometida para Julio Brant, seu ex-companheiro de Sempre Vasco (chapa que venceu as eleições de 2023).

Publicidade

LEIA MAIS: Com gols de Rayan, Vasco goleia e está na semi da Copa Rio sub-20

Na mesma entrevista, Pedrinho falou bastante sobre o tema reforma de São Januário. Revelando, assim, que se empenha praticamente 24 horas por dia para fazer o projeto ir à frente. A intenção do presidente é que as obras se iniciem ainda em 2024.

Publicidade

No relatório citado acima, divulgado pela assessoria do Vasco, Pedrinho diz que tem convicção de que ‘conquistas’ virão nos próximos meses. Dessa forma, outro tema abordado foi acerca das Certidões Negativas de Débito, que impedem o clube associativo de receber os R$ 4,6 milhões devidos pela Caixa para tocar projetos em outros esportes.

“Estou convicto que os próximos meses serão marcados por conquistas e progressos nos principais projetos da minha administração: a reforma de São Januário, a conquista das Certidões Negativas, a obtenção de novas receitas para o clube, a valorização do sócio vascaíno, a gestão das sedes vascaínas e a gestão do contrato e do relacionamento com a VascoSAF”, afirmou.

Publicidade

Pontos importantes para o futuro de Pedrinho no Vasco

Reforma de São Januário Conquista de Certidões Negativas de Débitos (CND’s) Obtenção de novas receitas Valorização do sócio estatutário Gestão das sedes Gestão do contrato e relacionamento com a Vasco SAF

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.