Jogada 10 Ronaldo fala em vender o Cruzeiro e cita contratação de técnico

Ronaldo fala em vender o Cruzeiro e cita contratação de técnico

Ronaldo quer o empresário Pedro Lourenço na SAF do Cruzeiro, no entanto, garante que decisão de vender sua parte da Raposa não será...

Jogada 10
Foto: Reprodução Instagram

Foto: Reprodução Instagram

Jogada 10

Em 2021, Ronaldo Fenômeno adquiriu 90% das ações da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) do Cruzeiro. Embora o período seja curto, ele não descarta vender sua parte no negócio e já tem um possível comprador.

Inicialmente, em entrevista ao site do jornalista Samuel Venâncio, Ronaldo garantiu que ainda não é o momento de vender o Cruzeiro. No entanto, ele salienta que não permanecerá “para sempre” na Toca da Raposa II. Diante disso, aliás, ele sabe que o empresário Pedro Lourenço – popularmente chamado como Pedrinho BH, proprietário dos Supermercados BH, uma das maiores redes do Brasil – é um possível comprador.

“Não agora, mas num futuro, não garanto que vou ficar para sempre no Cruzeiro. Tenho um carinho enorme pelo que a gente está fazendo e pelo clube. Com certeza não vou ficar para sempre, e o Pedrinho vai ser o primeiro cara falado, consultado (sobre comprar a SAF). Está longe ainda, mas Pedrinho estando perto me dá a garantia. Vai chegar o momento que o Cruzeiro vai precisar de um passo a mais, e o Pedrinho é esse cara”, confirmou.

Além do Cruzeiro, Ronaldo ainda precisa dividir suas atenções com o Real Valladolid, da Espanha. O ex-atleta fala do desgaste que isso representa.

“Tem sido desgastante demais indo de um lado para o outro, mas por enquanto ainda tem me dado prazer ter os dois (Cruzeiro e Valladolid), mas o futuro não sei te dizer”, acrescentou.

Ronaldo fala em busca por técnico do Cruzeiro

Sem treinador desde a demissão de Zé Ricardo, o Cruzeiro se virou na reta final do Campeonato Brasileiro com Paulo Autuori e Fernando Seabra. No entanto, a Raposa busca um novo treinador para comandar a equipe nos torneios de 2024. Ronaldo garante, todavia, que a Raposa está cautelosa neste sentido.

“Estamos conversando com muita gente. A gente tem que dar um “match” total. Não é só ser estrangeiro que chancela para ser treinador. Tem que agradar e ter a filosofia de jogos que a gente tá buscando. (…) Não tem essa pressa. Logicamente é uma peça importante, mas com tranquilidade e dever de responsabilidade de saber que temos tempo suficiente para tomar decisões”, confirmou.

O Cruzeiro definiu prazo até o fim de dezembro para conseguir anunciar o novo treinador. O Fenômeno, no entanto, explica que é preciso escolher corretamente.

“Ao contrário do que eu tenho visto na imprensa, nós não temos essa pressa toda, como eu tenho visto. A gente vai levar o tempo que levar para acertar na escolha e, a partir daí, atacar o mercado que temos mapeado com a posição que a gente acha que temos que reforçar”, concluiu.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas