Jogada 10 Rodri é eleito craque do Mundial de Clubes; Arias fica em terceiro

Rodri é eleito craque do Mundial de Clubes; Arias fica em terceiro

Jogador, do Manchester City, recebe bola de ouro, enquanto Kyle Walker fica com a prata e o colombiano com a bronze

Jogada 10
- Foto: Divulgação/Manchester City

- Foto: Divulgação/Manchester City

Jogada 10

O Manchester City goleou o Fluminense por 4 a 0 e ficou com o título inédito do Mundial de Clubes de 2023. Assim, Rodri, volante dos Citizens, recebeu a bola de ouro e foi o melhor jogador da competição. Kyle Walker recebeu a bola de prata, enquanto o colombiano Jhon Arias ficou com a bola de bronze, como segundo e terceiro melhores da competição, respectivamente.

Além disso, o argentino Julián Álvarez, autor de dois gols na decisão, foi o artilheiro da competição, ao lado de Karim Benzema, do Al-Ittihad, e Malooul, do Al Ahly.

Com 27 anos, o meio-campista sobrou em campo e teve duas ótimas atuações na competição. Recentemente, o atleta foi eleito o quinto melhor jogador do mundo na cerimônia da Bola de Ouro, da revista France Football. Revelado pelo Villarreal e com passagem pelo Atlético de Madrid, o volante chegou ao Manchester City em 2019 e é titular desde então.

Tricolor bola de bronze

Em terceiro, Jhon Arias teve uma boa atuação apesar da goleada. Foi o jogador que mais buscou o jogo e incomodou a defesa do time inglês ao obrigar Ederson a fazer grande defesa. O colombiano disse que trocaria a bola de bronze pelo título, mas acredita que foi a coroação ao trabalho.

“Foi uma recompensa ao trabalho. Trabalhei muito. Foi um ano magnífico para mim, uma recompensa. Eu trocaria esse troféu pelo título. Mas estou contente por este troféu”, disse o jogador tricolor à CazéTV.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas