Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Renovação de Carlos Miguel emperra no Corinthians; saiba os motivos

Carlos Miguel aparece como goleiro titular do Timão pós-Cássio e luta nos bastidores para melhorar seu salário

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Rodrigo Coca/agencia corinthians

O goleiro Carlos Miguel ganhou a titularidade do Corinthians e a diretoria de Augusto Melo corre nos bastidores para renovar o contrato. No primeiro momento, o acordo com o arqueiro vai até dezembro de 2025.

Apesar de ter muito tempo para negociar e ficar em risco de perder o atleta, as duas partes conversam de forma frequente para chegar ao denominador comum.

Valorização de Carlos Miguel

Publicidade

De acordo com o jornalista Jorge Nicola, um dos pontos que emperram a renovação é a pedida salarial. Carlos Miguel quer uma valorização dos seus ganhos e encontra dificuldades com a diretoria do Corinthians.

O grande motivo para o aumento salarial é por causa da condição de titular. Anteriormente, ele ficava na reserva de Cássio, ou seja, ganhava um salário compatível ao seu status no clube.

Publicidade

Multa rescisória

Por fim, a multa rescisória também é um tema de preocupação do Corinthians. No acordo com a antiga diretoria, Carlos Miguel baixou a sua rescisão de 50 milhões de euros para 4 milhões de euros (R$ 22,5 milhões) a partir de 1º de janeiro de 2024.

Publicidade

O motivo da redução era a preocupação dos empresários do atleta. O temor de ficar na reserva de Cássio durante toda a passagem, fez os dirigentes facilitarem em caso de oferta para ir embora do Corinthians.

Números do goleiro

Desde a sua chegada ao clube paulista, Carlos Miguel participou de 23 jogos, com 17 vitórias, quatro empates e apenas duas derrotas.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.