Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Reforços, esquema igual e muita cobrança: o início de Ramón Díaz no Vasco

Técnico mostra seu estilo intenso nos treinos antes de estreia, investe tempo com diretoria e pede melhorias na estrutura

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Jogada10
Jogada10

Os dez primeiros dias de Ramón Díaz no Vasco não tiveram jogo, mas foram muito intensos. Afinal, o novo técnico se dividiu entre o comando das atividades de campo e a sala do diretor Paulo Bracks para sugerir e avaliar reforços para o elenco na reta final desta janela de transferências. Na bola, manteve o esquema usual, mas vai fazer mudanças na equipe que enfrenta o Athletico-PR, neste sábado, às 18h30, em São Januário. Além disso, fez críticas ao CT Moacyr Barbosa e pediu agilidade em melhorias estruturais.

No acordo para sua contratação, houve a promessa de que chegariam novos jogadores para tirar o clube da zona de rebaixamento, e isso está sendo cumprido. A SAF fez propostas para cerca de dez nomes e deve confirmar, nos proximos dias, um total de quatro reforços já na recente era Díaz. São eles o lateral-esquerdo Jefferson, os meias Bruno Praxedes e Paulinho Paula e o atacante paraguaio Sebastián Ferreira. Se assinarem, eles se juntarão ao zagueiro Maicon, ao volante chileno Gary Medel e ao ponta Serginho, que chegaram nas semanas anteriores.

A tendência é que cheguem ainda mais jogadores. Isso porque, o treinador pediu mais um zagueiro e mais um centroavante, para suprir a ausência de Pedro Raul, que foi vendido para o Toluca, do México. O Vasco fez oferta por Michael Santos, artilheiro do Talleres, e negocia o acerto. Já Abel Hernández, outro alvo, vive um impasse com o Peñarol, que não deseja liberá-lo.

Díaz: estilo intenso e cobranças

Com as informações do dia a dia no CT, é possível notar que Ramón Díaz tem estilo de trabalho bem diferente ao de Maurício Barbieri. O argentino, de 63 anos, cobra desempenho com mais energia e sua comissão técnica constantemente interrompeu as movimentações para corrigir posicionamento e realizar mudanças. É o processo de conhecimento do grupo, afinal o comandante passou grande parte dos últimos sete anos entre o futebol africano (Pyramids, do Egito) e asiático (Al Ittihad, Al Nassr e Al Hilal).

Publicidade

Inclusive, questão do CT começou a ser tratada com urgência pela diretoria. Há muitas melhorias pendentes desde o ano passado, por conta da falta de segurança da 777 Partners sobre se o terreno ficará mesmo em posse do Vasco. Dessa forma, as obras pararam. De lá para cá, a SAF adquiriu apenas novos equipamentos, mas deixou de lado outros detalhes importantes. Díaz não gostou e fez as cobranças. Assim, aproveitou para transferir a atividade de quinta-feira para São Januário, con o objetivo de readaptar o time às condições noturnas de jogo.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.