Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Real Madrid é o time da Europa mais difícil de ser batido em decisões internacionais

Estudo comprova força dos Merengues nas finais. Saiba, também, como se comporta o Borussia Dortmund em momentos decisivos

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Divulgação/Real Madrid

Quando se trata de finais internacionais de clubes europeus de todos os campeonatos, quem leva a melhor em termos percentuais de títulos conquistados? Se você pensou no Real Madrid, acertou. Afinal, o time espanhol, que disputará sua 39° final continental no sábado (1), diante do Borussia Dortmund, às 16h, tem, então, até o momento 78,9% de aproveitamento em decisões.

Em levantamento, o “Bolavip Brasil” levou em conta todas as edições da Liga dos Campeões (desde o formato antigo), Liga Europa/Copa da Uefa, Liga Conferência, Supercopa da Europa e Mundial de Clubes/Intercontinental para descobrir quais times se dão melhor apenas em finais. Com 30 títulos em 38 disputas, o Real Madrid é o time mais decisivo na Europa. O segundo é o Ajax, que aparece com aproveitamento de 76,9%, sendo dez conquistas em 13 finais.

Depois de Real e Ajax, quem aparece na lista é o Atlético de Madri e o Porto, que venceram sete de dez finais e possuem 70% de aproveitamento. O Bayern fecha o top 5 com desempenho em decisões europeias de 61,9%, ou 13 títulos em 21 finais. Em seguida, os rivais Milan e Inter possuem quase o mesmo aproveitamento, 61,5% e 60%, respectivamente. Foram 16 vitórias em 26 finais para os Rossoneros e nove conquistas em 15 finais dos Nerazzurri.

Benfica, United e Juventus são os menos decisivos

Publicidade

Entre todos os clubes europeus, foram levados em conta os que jogaram ao menos 10 finais internacionais. Neste contexto, o Benfica é o clube com menor poder de decisão, tendo vencido apenas duas finais de 12 disputadas (16,6%). Uma dessas derrotas foi para o Santos de Pelé, no Intercontinental de 1962, pelo placar agregado de 8 a 4. Manchester United e Juventus, aliás, constam aproveitamento de 50% em finais, o primeiro com o registro de 14 decisões e sete vitórias e o segundo com 18 finais e nove títulos conquistados.

E o Borussia Dortmund, rival do Real?

Publicidade

Os alemães, adversários do Real Madrid na decisão da Liga dos Campeões 2023/24, venceram, enfim, apenas uma edição do torneio na temporada 1996/97 e o Mundial de Clubes na mesma temporada. Foram mais outras quatro finais internacionais disputadas com derrotas, sendo duas Copas da UEFA, uma Supercopa da Europa e uma Liga dos Campeões na temporada 2012/13, com revés para o rival Bayern. O aproveitamento nas seis decisões disputadas é de, portanto, 33,3%.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.