Jogada 10 Ramon Menezes aprova atuação do Brasil, mas projeta melhora: ‘Campeonato difícil’

Ramon Menezes aprova atuação do Brasil, mas projeta melhora: ‘Campeonato difícil’

Seleção Brasileira bateu a Colômbia por 2 a 0 nesta sexta-feira. Apesar do triunfo, Ramon reconheceu atuação um pouco abaixo em Caracas...

Jogada 10
Foto: Joilson Marconne/CBF

Foto: Joilson Marconne/CBF

Jogada 10

O técnico Ramon Menezes analisou a vitória da Seleção Brasileira diante da Colômbia, no Torneio Pré-Olímpico, e aprovou a atuação. Nesta sexta-feira, afinal, após a partida em Caracas, o treinador da Canarinho disse que a equipe está em evolução e que ainda vai melhorar.

“O campeonato é muito difícil, muito equilibrado. Nós, como treinadores, falamos muito de equilíbrio, a gente sempre busca o equilíbrio das nossas equipes. E se tratando da Seleção Brasileira não é diferente. O Brasil fez três gols na competição, mas não sofreu gols. Tivemos muita dificuldade diante da Bolívia, mas a gente já esperava essa dificuldade por ser estreia, carga de trabalho, apenas duas semanas para treinar… A gente tem que levar em consideração todo o contexto. Hoje nós já esperávamos que a nossa equipe fosse melhor, como aconteceu. Melhoramos um pouco, e como eu falei aqui depois do jogo contra a Bolívia, o crescimento virá. Virá naturalmente, é normal na competição”, disse Ramon, que completou:

“É lógico que são grandes adversários, hoje nós inventamos mais uma vez a Colômbia. Foram duas vezes pelo Sul-Americano, uma vez no Pan-Americano e agora mais uma vez uma equipe muito bem treinada, com ótimos jogadores, uma equipe que joga para frente. Sempre tentando as triangulações pelos lados, é uma equipe de uma transição muito forte, e nós conseguimos conter todos os pontos fortes da Colômbia. Eles tiveram oportunidade de abrir o placar, o Mycael foi muito feliz no segundo tempo. Mas eu acho que o time criou a oportunidade, depois vou com calma. Sempre depois dos jogos é muito importante ter a cabeça no lugar para fazer correções, e a equipe vai crescer durante a competição”.

Agenda

O Brasil volta a campo na segunda-feira, diante do Equador, mas Ramon disse que o jogo de hoje não pode servir de base. Para o treinador, o próximo desafio será diferente, porém igualmente complicado.

“É uma outra história, é um outro jogo. O Equador vem muito bem na competição. Já tomaram gols na competição, mas hoje fizeram um ótimo jogo diante da Bolívia. Eles têm ótimos jogadores. Vamos estudar direitinho o adversário para a gente poder fazer um grande jogo também diante do Equador”, declarou.

Veja outros trechos

Ataque: “O Endrick é um jogador muito importante. Um jogador muito promissor. Hoje o John Kennedy foi muito bem também, fez seu primeiro gol na competição. São jogadores que têm uma vocação muito grande na parte ofensiva. A gente tem vários jogadores aqui com um histórico muito legal de Seleção Brasileira. E esses jogadores, sem dúvida nenhuma, serão o futuro do futebol brasileiro. Vão representar as cores do país.”

Venezuela: “Primeiro vamos pensar no Equador. A gente sabe que a Venezuela é anfitriã, tem a sua força, com ótimos jogadores também. A Venezuela vem crescendo muito no cenário, no sub-17, no sub-20. Nós nos enfrentamos no sub-20, no Sul-Americano. Eu vi os dois jogos da Venezuela, é uma equipe que joga para a frente também, com jogadores técnicos, uma ótima seleção.”

Desempenho: “A gente sempre busca o equilíbrio. Mas depois eu vou ver o jogo novamente. Vamos analisar, vamos fazer algumas correções, Mas vencer é muito bom. Não tomamos gols, a gente criou várias oportunidades. A Colômbia também poderia ter feito o gol, o Mycael foi muito feliz ali naquela naquela oportunidade, uma bola parada. A gente não toma gol de bola parada. No futebol são detalhes. É trabalhar, e vamos melhorar jogo a jogo.”

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas