Jogada 10 Qatar, com três gols de pênalti, é bicampeão da Copa da Ásia

Qatar, com três gols de pênalti, é bicampeão da Copa da Ásia

Anfitriões vencem a Jordânia por 3 a 1 no Estádio Lusail, com hat-trick de Afif Akram. Brasileiro naturalizado Lucas Mendes é um dos...

Jogada 10
Foto: Jewel Samad /AFP via Getty Images

Foto: Jewel Samad /AFP via Getty Images

Jogada 10

O Qatar é bicampeão da Copa da Ásia. Neste sábado (10/2), no Estádio Lusail, o mesmo da final da Copa-2022, os anfitriões venceram a Jordânia na grande final da competição por 3 a 1. Afif Akram, o craque da competição, fez os três gols dos Qataris, todos de pênalti. Al Naimat fez o gol dos jordanianos. O Qatar contou com um brasileiro naturalizado no elenco, o latera-esquerdo Lucas Mendes, titular e também um dos destaques do torneio.

Os qataris ganharam a taça pela primeira vez na última edição, em 2019. O Japão (eliminado pelo Irã nas quartas)  é o maior campeão, com quatro conquistas: 1992, 2000, 2004 (treinado por Zico) e 2011. Já a Jordânia chegou na final pela primeira vez.

Veja aqui os jogos da Copa Asiática

Qatar é melhor e sai na frente

O Qatar foi superior no primeiro tempo, principalmente nos 20 minutos iniciais. Trabalhando bem com o atacante Afif Akram, que se movimentava muito, começou a ter boas chances e chegou aos gol aos 19. Afif foi derrubado na área. Ele mesmo cobrou bem o pênalti. Depois do gol, o Qatar seguiu em cima e quase ampliou com Lucas Mendes. O lateral-esquerdo brasileiro naturalizado Qatari (ex-Coritiba e Olympique/FRA) escorou escanteio cobrado por Afif na direita e obrigou o goleiro Abu Laila a grande defesa. Nos 15 minutos finais a Jordânia deixou um pouco a defesa de lado e teve chances concretas, com Al Owan. Mas falhou nos arremates.

Jordânia em cima

Na volta do segundo tempo, a Jordânia veio bem mais ousada. Nos primeiros 15 moinutos, pressão total. Foram quatro chances claras, com Haddad, Al Arab e Al Tamari, com três grandes defesas de Barsham. E uma finalização de letra de Al Olwan que a bola passou raspando. Mas, aos 22, não teve jeito. Al Namair recebeu um lançamento da direita, na segunda trave, e mandou uma bomba, deixando tudo igual.

Porém, mal deu tempo da torcida jordaniana comemorar, pois o Qatar voltou a ficar na frente pouco depois. Ali sofreu pênalti. O hjuiz foi ao VAR e, depois de analisar por dois minutos, marcou a penalidade, Afif Akram cobrou mais uma vez e marcou. E o craque da Copa, Akram Afif teve mais um pêanlti para cobrar, aos 50 minutos. Bateu com perfeirção, opara fazer o hat-trick. Foi só esperar o apito final do juiz para o Qatar celebrar o bi asiático.

JORDÂNIA 1X3 QATAR

Copa da Ásia – Final
Data: 10/2/2024
Local: Estádio Lusail, Lusail (QAT)
JORDÂNIA: Abu Laila; Nasib, Al-Arab e Al Ajalin; Haddad, Al-Rashdan, Al-Rawabdeh e Mardi (Ratib, 36’/2ºT); Suleiman, Olwan (Wadat, 45’/2ºT) e Al-Naimat. Técnico: Hussein Ammouta
QATAR: Barsham; Salman Lucas Mendes, Ali; Razzaq (Mohammat, 18’/2ºT),  Gaber (Ali Asad, 8’2ºT), Fathi, Al-Haydos (Hatem, 8’/2ºT) e Waad; Ali (Khouhhi, 37’/2ºT) e Afif Akram. Técnico: Tintín Márquez
Gols: Afif Akram, de pênalti, 22’/1ºT  (0-1); Al Naimat, 22’/2ºT (1-1); Afifi Akram, de pênalti, 28’/2ºT (1-2); Akram Afif, de pênal,ti, 50’/2ºT (1-3)
Árbitro: Ma Ning (CHN)
Assistentes: Zhou Fei (CHN) e Zhang Cheng (CHN)
VAR: Fu Ming (CHN)
Cartões Amarelos: Ajalin, Al Olwan. Abu Laila (QAT)

(*)Apesar do jogo ser no Qatar, para a Fifa, a seleção “mandante” foi a Jordânia

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas