Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Pressão e jogo posicional: Mano explica postura do Fluminense em sua estreia

Técnico tenta implementar seu estilo no elenco tricolor, que está acostumado com Diniz, e enumera aspectos que gostou diante do Inter...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


- Foto: Lucas Merçon/Fluminense

Na estreia de Mano Menezes, o Fluminense trouxe uma postura diferente e foi competitivo no empate por 1 a 1 com o Internacional, no Maracanã. Apesar de ter tido apenas dois dias de treinos, o técnico acredita que o time já demonstrou algumas características que pretende implementar ao longo do trabalho.

Antes mesmo da estreia, na coletiva de apresentação, o treinador deixou claro que o Tricolor teria um estilo mais direto e com ambição no último terço para forçar o erro do adversário. De acordo com sua visão, o time pressionou o Colorado mais à frente, o que gerou, por exemplo, a bola na trave de Germán, ainda no primeiro tempo.

“Teve pressão para recuperar a bola mais à frente, recuperou, até tivemos uma infelicidade na primeira que recuperamos o Cano chutou um toco, popularmente falando, fez a gente pensar que iria perdê-lo cedo no jogo. Depois tivemos bola no poste em uma recuperação. A equipe foi tendo a postura que a gente quer dela. A gente não vai fazer durante 90 minutos. Ninguém faz. Na segunda parte, perde um pouco dessa capacidade, fisicamente falando, e do outro lado o adversário enxerga, tem gente competente”, disse.

Publicidade

Alta rotação e leitura de jogo

Segundo Mano, o time estava acostumado a fazer perseguições, o que abria espaço para adversários de qualidade. Para ele, o foco será entrar nas partidas em alta rotação e não pressionar de qualquer maneira. O técnico sabe que o elenco estava acostumado ao estilo do técnico Fernando Diniz, algo implementado ao longo de dois anos e dois meses.

Publicidade

“Entra um pouco de leitura do jogo, de momento de alguns atletas, que às vezes entram e não estão conseguindo responder. Não é fácil entrar em um jogo de alta rotação. Outra é a leitura de um jogo grande. Você tem seus momentos, e o adversário tem os dele. Melhoramos em alguns aspectos, sofremos no meio-campo um pouco, levamos a bola por dentro no gol que sofremos. O time estava mais acostumado a fazer perseguições, o que abre espaço para um time de qualidade. Tem que esperar chegar a bola na beirada. Não se pressiona de qualquer jeito times de qualidade do futebol brasileiro”, acrescentou.

Jogo posicional e ruptura de estilos

Publicidade

O treinador acredita que o Fluminense possa fazer um jogo mais posicional, diferente do que era apresentado anteriormente. Será, portanto, necessário um esforço para efetuar a mudança de postura. No entanto, em campo, o que se viu foi um sistema defensivo mais equilibrado e que sofreu pouco nas investidas do Colorado.

“O que mais vou trabalhar e acredito que ainda vai demorar é que nosso time não estava acostumado a jogar um futebol um pouco mais posicional. E um time que não está acostumado quer vir de encontro à bola. No futebol de hoje, pelo menos a grande maioria, trabalha atrás das linhas de marcação e faz a bola chegar nos lugares importantes. Isso vai dar mais trabalho porque é muito tempo trabalhando com a aproximação e toques curtos. A equipe evoluiu assim e depois parou. Talvez por isso o trabalho foi interrompido”, elucidou.

“Eu penso futebol diferente como a maioria. Por exemplo, às vezes você facilita a marcação indo de encontro a bola. Quando o adversário te pressiona e você vai, você traz consigo um jogador que vai apertar e roubar. No segundo tempo, cometemos 7 vezes o mesmo equívoco de buscar a bola próximo. Tem que ter calma para levar a bola lá, com qualidade para fazer mais jogadas de gol, concluir mais. Isso vai fazer a gente mesmo errando alguns, fazer mais gols e levar a gente à vitória”, concluiu Mano.

Por fim, na próxima rodada, o Fluminense visita o Fortaleza, no domingo, às 16h (de Brasília), pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. No momento, a equipe soma 7 pontos, na lanterna da competição.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.