Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Presidente do Santos diz que Pereyra seria a ‘cereja do bolo’

Mandatário segue confiante em negociações com o meia argentino e tenta convencer jogador a atuar no Brasil

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Jogada10
Jogada10

O Santos segue em busca da última contratação para esta temporada e quer que ela seja bastante especial. Pelo menos, é o que diz o presidente do clube, Andrés Rueda. O mandatário afirmou, ao programa “Santos Futebol Rádio”, que tentará Pereyra até o encerramento da janela internacional de transferências.

“Eu não gosto de falar de nome de jogador, mas já faz três meses que estamos negociando tentando trazer o Pereyra para cá, enquanto não fechar a janela nós temos esperança em chegar em um acordo. O problema não é a parte financeira, não é o Santos. O problema é a expectativa do jogador, o mercado europeu está aberto. Temos esperança, vamos fazer o possível para contar com ele no elenco”, disse Rueda.

O presidente afirmou que a questão financeira foi resolvida e que a vinda ou não do meia argentino depende do que ele e sua família querem para o futuro. A priori, o jogador não estava interessado em vir para a América do Sul neste momento. Contudo, a falta de ofertas pode fazer com que Pereyra mude de ideia e chegue à Vila Belmiro. O atleta seria a ”cereja do bolo” segundo o mandatário.

Coordenador do Santos vai se reunir com Pereyra

Mesmo considerando uma negociação difícil, o Santos não desiste. Afinal, o coordenador de futebol do clube, Alexandre Gallo, foi à Itália nesta quarta-feira (23) para negociar com meia argentino. O dirigente apresentará um vídeo com a cidade e o já mundialmente conhecido clube de Pelé, em uma tentativa de convencimento de Pereyra. A reunião está marcada para esta sexta-feira (25).

Publicidade

Pereyra iniciou a carreira no River Plate e se transferiu para a Udinese, da Itália, na temporada 2011/2012. Ficou três anos por lá antes do empréstimo para a Juventus. Ao fim da segunda temporada, foi para o Watford, da Inglaterra. Quatro anos depois, retornou a Udine. Na última temporada, fez cinco gols e sete assistências em 36 jogos.

Aliás, o jogador também defendeu a seleção argentina, integrando os elencos que participaram da Copa América nas edições de 2015 e 2019.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.