Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Por opção de Renato, Grêmio tem disputa em aberto pela titularidade no gol

Na contramão do desgaste da temporada, treinador do Imortal utilizou três goleiros diferentes em três jogos e admite que há briga pela...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Um dos principais problemas que o Grêmio passa na temporada é o desgaste pela maratona de jogos em um curto intervalo de tempo. Tal situação obriga que o técnico Renato Portaluppi faça um rodízio no time. Especialmente para evitar perder jogadores por lesões. Apesar disso, o comandante, por opção técnica, promove um revezamento na meta. Até porque nos últimos três jogos, três arqueiros diferentes foram titulares.

No último compromisso do Imortal, o empate por 0 a 0 com o Operário pela sua estreia na Copa do Brasil, no estádio Germano Krüger, Caíque foi o dono da posição. Anteriormente, na derrota por 1 a 0 para o Bahia pela Série A, Rafael Cabral teve a oportunidade de estrear. Já pelo duelo da Libertadores, a vitória por 1 a 0 sobre o Estudiantes, na Argentina, quem ganhou chance foi Marchesín. Com isso, Renato Gaúcho admitiu que há uma disputa aberta pela titularidade.

“Quanto aos goleiros, coloquei o Rafael porque no momento ele só pode jogar no Brasileirão e preciso de goleiro com ritmo de jogo. Marchesín vinha jogando a Libertadores e o Caíque o Brasileiro. Essa posição está aberta. O que não posso é deixar o Rafael sem ritmo. Marchesín vinha bem, e o próprio Caíque também. A briga é boa entre eles. Temos três grandes goleiros”, esclareceu o treinador.

Publicidade

Revezamento na meta do Grêmio

O argentino Marchesín foi quem mais vezes atuou pelo Tricolor Gaúcho na temporada. Afinal, ele foi titular em 13 jogos dos 25 compromissos da equipe em 2024. Por sinal, na Libertadores, apenas o gringo defendeu a meta. Até aqui, o experiente jogador levou 13 gols.

Publicidade

Durante a maior parte da campanha no Estadual, o dono da meta foi Caíque, graças as suas atuações seguras e queda de rendimento de Marchesín. Ele esteve entre os 11 iniciais do Grêmio em dez partidas, levando em consideração o Gauchão e o Campeonato Brasileiro. Até aqui na temporada, o arqueiro sofreu oito gols.

Rafael Cabral é o goleiro mais novo do elenco. Afinal, chegou ao clube na reta final da janela de transferências domésticas em uma troca com Gabriel Grando, entre o Imortal e o Cruzeiro. A tendência é a de que ele ganhe mais chances na Série A. Isso porque é o único campeonato que pode atuar por enquanto. Na Copa do Brasil, não há possibilidade, pois já defendeu a Raposa. Além disso, na Libertadores, só há chance de ser inscrito caso a equipe consiga se classificar para as oitavas de final.

Publicidade

A delegação retornou a Porto Alegre depois da estreia pela Copa do Brasil em Ponta Grossa, na última quarta-feira. A reapresentação vai ocorrer no CT Luiz Carvalho, nesta quinta (02/05). Com o adiamento das partidas no Rio Grande do Sul no final de semana por conta das fortes chuvas, o Imortal retorna a campo somente na próxima quarta-feira (08). O time viaja para o Chile, onde enfrenta o Huachipato, pela quarta rodada do Grupo C da Libertadores.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook .

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.