Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Polícia apreende 11 toneladas de camisas de futebol falsificadas

Operação na Espanha interceptou carregamento de camisas que seriam vendidas ilegalmente na final da Champions e na Eurocopa

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Onze toneladas de camisas ficariam à venda de forma irregular, mas polícia impediu Divulgação Polícia da Espanha

A polícia da Espanha fez uma operação contra a comercialização de camisas de futebol falsificadas. Assim, apreendeu uma quantidade tão grande de uniformes que totalizou cerca de 11 toneladas. Todo o material ficaria à venda para a final da Champions League, que ocorrerá neste sábado (1/6), em Londres, e também para a Eurocopa 2024, na Alemanha.

A polícia vinha investigando a falsificação das camisas desde o começo de abril. Na ocasião, os investigadores descobriram uma remessa de duas toneladas de uniformes de clubes espanhóis que chegaram da China. Desse modo, os investigadores seguiram as pistas de que o objetivo era justamente preparar o mercado ilegal para datas dos maiores eventos do continente.

Mais de 20 agentes de segurança se reuniram, então, para interceptar as camisas antes que vendedores e torcedores tivessem acesso. Assim, a polícia interceptou quinze caminhões de transporte de carga e conseguiu fazer a apreensão. Além de camisas, havia outros produtos feitos a partir de fraude. Os policiais apreenderam mais de 36 mil kits de material esportivo. Muitos deles se referiam até mesmo a grandes ídolos do futebol que estão fora da Europa, como Cristiano Ronaldo (hoje no futebol árabe), ou fora da final da Champions. Os criminosos investiram em nomes que têm alto potencial de destaque na próxima Eurocopa, como Mbappé (que provavelmente estará na seleção da França na competição continental).

O trabalho dos investigadores no combate às falsificações tem sido fundamental para a proteção de marcas num mercado bilionário que movimenta a economia do setor e gera muitos empregos. Além disso, os produtos resultantes das fraudes fazem parte de uma rede criminosa que financia outras atividades ilegais.

Publicidade



Publicidade




Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.