Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Pedro vê Flamengo com pouca presença na área do Cuiabá

Atacante do Flamengo diz que trocaria gol de empate por vitória; Pedro amplia números pelo Rubro-Negro

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Marcelo Cortes/CRF

Autor do gol do empate do Flamengo contra o Cuiabá (1 a 1), o atacante Pedro analisou o desempenho do Rubro-Negro no Maracanã. O camisa 9 do Fla foi além e refletiu sobre o que faltou para os cariocas venceram o prélio diante de 54.948 presentes.

“Foi um jogo difícil. A equipe deles estava muito fechada, muito dentro da área. A gente tinha que preencher mais a área, para tentar mais o cruzamento, mais gente para nossa para tentar fazer o gol. Infelizmente, eles fizeram o gol cedo, o que nos prejudicou. O resultado não veio, mas não foi por falta de luta”, opinou Pedro.

Com o resultado do Maracaña, o Flamengo de Pedro segue na liderança do Brasileirão, agora com 31 pontos. O Rubro-Negro é seguido de perto por Botafogo, Palmeiras, Bahia e São Paulo (que jogou na rodada e venceu o Bragantino), todos com 27 pontos.

Assim, na melhor das hipóteses para o Flamengo, a vantagem na liderança cairá para três pontos. Já no pior dos cenários, a gordura na ponta da competição cairá para um. Nas últimas quatro rodadas do primeiro turno, o Fla de Pedro receberá Fortaleza e Criciúma, além de visitar Internacional (partida ainda sem data) e Vitória. O embate contra os cearenses será realizado daqui a quase uma semana, na quinta-feira (11), às 20h, no Maracanã.

Publicidade

“Eu trocaria o gol de hoje pela vitória, porque era muito importante para o Flamengo. Agora é continuar trabalhando para a partida contra o Fortaleza”, concluiu Pedro, que chegou aos 27 gols no ano (25 em competições oficiais e 2 em amistosos), além de 132 pelo Rubro-Negro.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.