Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Palmeiras tem grande retrospecto no Allianz em mata-matas na era Abel

Verdão retorna ao estádio após dois meses, para encarar o Novorizontino, valendo uma vaga na final do Campeonato Paulista

Jogada 10|

Foto: Cesar Greco/Palmeiras
Foto: Cesar Greco/Palmeiras Foto: Cesar Greco/Palmeiras (Jogada 10)

Após dois meses, o Palmeiras vai voltar ao Allianz Parque. O Verdão encara o Novorizontino, nesta quinta-feira (28), pela semifinal do Campeonato Paulista no seu estádio. O retorno para a casa alviverde não passa apenas uma sensação de alívio, mas de segurança, já que a equipe tem grande aproveitamento no local, em jogos de mata-mata desde que Abel Ferreira assumiu.

Desde a chegada do técnico, o Verdão decidiu 23 vezes jogos eliminatórios no estádio. No fim, a partida terminou 18 vezes com o Palmeiras classificado ou campeão. Apenas em cinco oportunidades saiu como eliminado.

Além disso, sob o comando de Abel Ferreira, o Palmeiras nunca perdeu um mata-mata de Paulista em casa. As eliminações vieram na Copa do Brasil e Libertadores. Assim, Se o Verdão avançar à decisão, seja com vitória no tempo normal ou nos pênaltis, é certo que o segundo jogo da final será no Allianz Parque. Assim, cresce a expectativa para que a equipe consiga o tricampeonato estadual.

Palmeiras, enfim, volta ao Allianz Parque

O Allianz Parque estava interditado desde o final de janeiro devido aos problemas enfrentados com o gramado desde o final do ano passado. A Real Arenas, responsável pela manutenção do estádio, substituiu o campo, utilizando cortiça importada da Europa.

Continua após a publicidade

Antes da vistoria da Federação Paulista, o Palmeiras realizou testes com equipes de base. Neste contexto, as atividades aprovaram o novo piso.

É importante destacar que a grama sintética permanece a mesma, pois ainda está em perfeitas condições de uso. A única alteração foi a substituição do antigo composto termoplástico pela cortiça, devido ao derretimento causado pelo calor e poluição de São Paulo, que, afinal, resultava em uma substância pegajosa nos calçados dos jogadores.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.