Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Palmeiras tem dez dias para reforçar seu elenco para o restante do ano

Janela de transferência fecha no dia 2 de agosto e Verdão segue atrás de um volante para reforçar o plantel de Abel Ferreira

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Jogada10

O Palmeiras ganhou um novo rival para os próximos dez dias: o tempo. Afinal, a janela de transferência se fecha no dia 2 de agosto e a diretoria do Verdão corre para reforçar o elenco para o restante da temporada. Contudo, a procura por novos atletas acontecem em meio a protestos da torcida palestrina, que vem cobrando do clube a chegada de jogadores.

Antes do confronto contra o Fortaleza, a torcida do Palmeiras protestou contra a presidente do clube, Leila Pereira e o diretor de futebol, Anderson Barros. Os palestrinos ironizaram a diretoria do Verdão por vender os jogadores e comprar um avião para a delegação.

Anderson Barros já falou publicamente que o Verdão segue de olho no mercado e que a prioridade é um primeiro volante. Desde a saída de Danilo que se transferiu para o Nottingham Forest, o Palmeiras sofre para achar um substituto.

O Alviverde sondou o volante Wendell, do Zenit, mas esbarrou nos valores. Além disso, o Palmeiras tem grande interesse em Aníbal Moreno, do Racing. A primeira oferta do Verdão foi recusada e o clube argentino já disse que não gostaria de negociar o jogador neste momento.

Publicidade

Por outro lado, o técnico Abel Ferreira vem tentando gerir seu elenco. Para recuperar os atletas pensando na Libertadores, o treinador tem até poupado atletas, como é o caso de Dudu, ausência nos últimos dois jogos por dores na panturrilha. O técnico admitiu que o grupo precisa retomar o seu melhor momento físico, depois de apresentar um desempenho abaixo do esperado na volta da Data Fifa.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.