Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Palmeiras move R$1 bilhão no mercado com jogadores formado na base

Verdão acertou as vendas de Estêvão, Endrick, Luis Guilherme, Artur e Kevin nos últimos anos. Assim, encheu o cofre do clube

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Cesar Greco/Palmeiras

“A geração de R$1 bilhão do Palmeiras”. As joias reveladas pelo clube nos últimos anos sempre geraram grande expectativa no Verdão. Contudo, o Alviverde conseguiu cumprir esta ”promessa” em suas cinco vendas envolvendo jogadores revelados nas categorias de base: Estêvão, Luis Guilherme, Endrick, Artur e Kevin.

O Palmeiras conseguiu movimentar R$ 1,046 bilhão no mercado em suas últimas transferências. O mais recente foi Estêvão, que está acertado com o Chelsea. Ele pode render R$ 358 milhões, sendo R$ 262,1 milhões e mais R$ 96,13 milhões em bônus. Como o Verdão tem 70% dos direitos econômicos do atleta, pode desembolsar R$ 250 milhões se a joia atingir todas as metas.

A situação é muito semelhante a de Endrick. O atacante oi negociado com o Real Madrid no final de 2022 por R$ 337 milhões, sendo R$ 198 milhões fixos e R$ 141 milhões em bônus. O Verdão também tem 70% dos direitos econômicos do jogador e pode desembolsar R$ 235 milhões se o atleta atingir as metas estabelecidas.

Publicidade

Além disso, o Palmeiras tem para receber mais R$ 175 milhões pela venda de Luis Guilherme, para o West Ham, R$ 86,4 milhões de Artur, que foi para o Zenit, da Rússia e R$ 44 milhões de Kevin, que se transferiu para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

Apesar de movimentar mais de R$ 1 bilhão no mercado, o Palmeiras ficaria com a possibilidade de arrecadar até R$ 790 milhões, caso todas as metas sejam cumpridas. O Verdão não tem 100% dos direitos econômicos dos jogadores. Além disso, alguns casos como de Artur, a quantia tem que ser dividida com o RB Bragantino. Em outros, os próprios atletas têm direito a uma fatia.

Publicidade

Palmeiras prepara ‘nova safra’

Contudo, isto não apaga a geração bilionária que o Palmeiras produziu nos últimos anos. Além disso, o Alviverde acredita que pode formar novas joias. Nomes como de Luighi, Vitor Reis e Riquelme vão brilhando no sub-20 e podem aparecer em breve nos profissionais.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.