Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Palmeiras: Abel Ferreira elogia Botafogo, mas manda recado aos seus jogadores

Abel Ferreira valoriza vitória sobre o Cruzeiro e diz o que pensa sobre a disputa pelo título do Campeonato Brasileiro

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Jogada10
Jogada10 Jogada10

A vitória do Palmeiras sobre o Cruzeiro nesta segunda-feira (14) por 1 a 0 levou a equipe de Abel Ferreira à segunda colocação do Campeonato Brasileiro. Agora, o Alviverde soma 34 pontos e enxerga o Botafogo com 13 de distância na classificação.

Depois da partida, Abel Ferreira elogiou o desempenho do líder, mas ressaltou qual mentalidade espera dos jogadores do Palmeiras na sequência da competição.

“Há uma equipe (Botafogo) que está muito melhor, e não custa nada, quando o adversário tem esse desempenho, aceitar e seguir. Nossa atitude competitiva, porém, é sempre a mesma, seja contra quem for. E aí do jogador do Palmeiras que não tiver essa mentalidade. Não pode fazer parte desse clube. E não é o caso”, disse o treinador.

Apesar da vitória, que veio com gol no fim da partida no Allianz Parque, Abel Ferreira reconheceu que o Palmeiras não teve o seu melhor desempenho criativo contra o Cruzeiro.

Publicidade

“Achei que hoje não fomos criativos lá na frente. Não faltou entrega e foco nas tarefas. Mas, naquilo que tem a ver com as capacidades técnicas, a nota artística, alguns estiveram abaixo da sua performance normal. Também por mérito do adversário, mas achei que faltou um pouco de açúcar. Não estivemos tão criativos quanto somos. Por isso, se terminasse empatado, eu teria que aceitar”, reconheceu Abel.

LEIA MAIS: Atuações do Palmeiras contra o Cruzeiro: estrela de López garante vitória

Publicidade

Abel destaca apoio dos torcedores

Se dentro de campo o Palmeiras não esteve tão bem, o treinador elogiou o apoio dos torcedores no Allianz Parque, que teve um público de 38.555 presentes na noite desta segunda.

“Agradecer de coração, mesmo, aos 38 mil que estavam aqui hoje. Acho que hoje a torcida estava melhor que nós. Mas fazemos tudo que nós podemos. O treinador faz e erra, faz e acerta, e faz parte. Os jogadores também. Eu já disse, não sou o melhor do mundo, não temos os melhores do mundo, mas fazemos o melhor todo dia para dar alegria ao torcedor. Se tinha alguém que merecia essa vitória, era o torcedor. A vitória é deles. Em uma segunda-feira, meter 38, obrigado a eles”, finalizou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.