Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Palestino ganha de novo da Portuguesa e segue na Libertadores

Chilenos aguardam Atlético Nacional ou Nacional (Paraguai) na próxima fase da competição

Jogada 10|

Foto: Federico Parra/AFP via Getty Images
Foto: Federico Parra/AFP via Getty Images Foto: Federico Parra/AFP via Getty Images (Jogada 10)

O Palestino está na terceira fase eliminatória da Libertadores. Com nova vitória por 2 a 1 diante da Portuguesa (dessa vez, no Estádio El Teniente, em Rancágua), o clube do Chile aguarda seu oponente na última etapa antes dos grupos que vem do embate entre Atlético Nacional e Nacional (Paraguai).

Com apenas um minuto de jogo, a vantagem chilena já poderia ter ficado maio quando Junior Marabel ficou cara a cara com Yhonatann Yustiz. Entretanto, parou em grande intervenção do arqueiro da Portuguesa que abafou o chute.

Porém, não demorou muito para Marabel ter nova oportunidade e, dessa vez, contar com uma certa ajuda até mesmo do adversário. Gonzalo Sosa tentou dominar na meia-lua e acabou dando ótimo passe para o camisa 27 bater de esquerda. A bola desviou em Darvis Rodríguez e tirou completamente Yustiz do lance. Placar aberto aos oito minutos.

Mesmo necessitado da reversão do quadro, a equipe visitante parecia não acelerar tanto suas jogadas ofensivas. Dessa forma, apesar de posse que dificultava o Palestino de explorar os contra-ataques, a Portuguesa pouco assustava o gol defendido por César Rigamonti. Assim, a etapa inicial terminou com vantagem dos Árabes.

Continua após a publicidade

Vaga sacramentada

No tempo complementar, a partida seguiu em ritmo onde os venezuelanos até rondavam a grande área adversária. Porém, seguia tendo dificuldade para finalizar e teve como chance mais perigosa uma cabeçada onde, quase em cima da linha, Gonzalo Sosa salvou os donos da casa.

Desse modo, mesmo com raras chances de atacar, o Palestino foi eficiente em meio a uma trapalhada da defesa adversária. Dessa vez no ataque, Sosa encheu o pé e mandou no travessão. No rebote, a bola subiu, Yhonatann Yustiz ‘furou’ na tentativa de socar a pelota e Iván Román aproveitou a sobra para mandar pro fundo das redes.

Continua após a publicidade

Com o marcador encaminhado, a equipe da Venezuela até diminuiu a diferença com José Ali Meza, aos 35. Todavia, nada que impactasse na classificação dos chilenos na Libertadores que se confirmou no apito final de Augusto Aragón.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.