Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Paiva analisa período à frente do Vasco e principal foco: ‘Resgatar a confiança’

Interino celebra classificação cruz-maltina para as oitavas da Copa do Brasil e cita contribuição de Álvaro Pacheco

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

- Foto: Leandro Amorim/Vasco (Leandro Amorim)

Em um jogo eletrizante, o Vasco eliminou o Fortaleza e avançou às oitavas de finais da Copa do Brasil. No tempo normal, um empate por 3 a 3, culminando no triunfo por 5 a 4 nos pênaltis em São Januário. Assim, em entrevista coletiva, o interino Rafael Paiva fez um resumo de seu ciclo à frente da equipe profissional, que se encerrou nesta terça-feira (21).

“A gente pegou um momento difícil. Nossa primeira ideia foi resgatar a confiança dos jogadores. Falamos de equilíbrio, estar bem postados. A gente conseguiu dar mais confiança para os atletas. É um grupo calejado, de atletas experientes, mas precisávamos de confiança. Conseguimos no jogo de lá com o Fortaleza, voltamos vivos”, disse, antes de completar:

Contribuição portuguesa

Publicidade

Ainda nesta terça-feira (21), o Cruz-Maltino anunciou a contratação do novo treinador, o português Álvaro Pacheco, que acompanhou de perto a classificação. De acordo com o interino, o novo comandante já deu sua contribuição nos bastidores, com conversas e muita energia.

“Sobre o Álvaro, a gente já estava conversando com ele. Mesmo de longe, o tempo todo nos passando confiança também. É um cara de uma energia enorme. Desde quando ele chegou, nos colocou pra cima o tempo todo. Nos ajudou no que era possível. Ele esteve presente na concentração, no vestiário. E a gente conseguiu fazer essa transição boa pra ele. E ele já tá bem a par de todas as situações aí”, explicou.

Publicidade

“Ele nos agradeceu no vestiário. O Pacheco é um cara muito apaixonado também e acho que sentiu toda essa vibração, essa emoção, o que é o Vasco. Então, acho que foi um baita cartão de visita pra ele num jogo desse nível, nessa fase. Ele agradeceu. Dessa forma, agora estamos passando o bastão pra ele. Tenho certeza que ele vai fazer um grande trabalho.”, frisou;

Em campo, o Vasco chegou a ficar atrás do placar duas vezes, porém mostrou poder de reação e muito empenho para buscar o resultado. No fim, Hércules acertou o canto de Léo Jardim e levou o certame para os pênaltis. Por fim, depois de nove cobranças sem qualquer chances para os arqueiros, o goleiro cruz-maltino se redimiu da falha no tempo normal e defendeu a cobrança de

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.