Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Orquestra afina os instrumentos no Campeonato Brasileiro

Brasileiro está entre os campeonatos mais equilibrados do mundo. Não é competição para aqueles que são ansiosos ou que têm corações...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

O Campeonato Brasileiro certamente não é o mais plástico e elegante do mundo, mas está entre os mais equilibrados. Prova disso são as duas primeiras rodadas. Somente dois times entre os 20 que disputam a competição conseguiram não deixar pontos pelo caminho.

Flamengo e Internacional foram os únicos que venceram as duas partidas e com muitas dificuldades. A equipe carioca bateu o Atlético-GO, fora de casa, e o São Paulo, no Maracanã. Os gaúchos passaram pelo Bahia, no Beira-Rio, e pelo poderoso Palmeiras, em Barueri.

O equilíbrio do Brasileiro também pode ter sua régua no fato de que apenas oito clubes se mantêm invictos; 12 já saíram de campo com um revés pelo menos uma vez. Quatro ainda não pontuaram: São Paulo, Atlético-GO, Vitória e Cuiabá – estes dois últimos disputaram só uma partida. Outro detalhe: todos os times já foram vazados.

Publicidade

No Brasileiro, vitórias são batalhadas

Dizer que a competição é difícil é chover no molhado. No entanto, os números deixam isso ainda mais escancarado. No Brasileiro, desse modo, as vitórias não caem do céu. Longe disso. Têm, portanto, que ser batalhadas, sejam dentro ou fora de casa. E as derrotas elevam as cobranças a um nível estratosférico.

Publicidade

Um exemplo é Thiago Carpini, demitido do São Paulo após perder para o Flamengo. Não há como negar que ele já vinha pendurado pela eliminação nas quartas de final do Campeonato Paulista e pela derrota na estreia do Brasileiro, mas aqui um treinador cai após perder por 2 a 1 para o maior favorito ao título e jogando no campo do adversário.

Definitivamente, não é uma competição para aqueles que são ansiosos ou que têm corações fracos, sejam torcedores ou, sobretudo, dirigentes. E ainda faltam 36 rodadas! A orquestra está só afinando os instrumentos para a grande dança dos técnicos.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.