Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Odair revela que Rueda tentou usar dinheiro próprio para reforços

Dois meses após deixar o Santos, Odair detalhou esforço da diretoria para buscar reforços no mercado e enalteceu a chance de trabalhar...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Jogada10
Jogada10 Jogada10

Ex-treinador do Santos, Odair Hellmann, em entrevista ao canal “Goat”, falou sobre o seu período na Vila Belmiro. Assim como nos últimos anos, a condição financeira do Peixe fez com que o clube não conseguisse contratar jogadores como o esperado, principalmente no início da temporada. Entretanto, Odair revelou que não faltou tentativas da diretoria alvinegra em buscar reforços e, além disso, citou que o presidente Andres Rueda buscou utilizar dinheiro próprio para contribuir ao Santos na busca por novos jogadores.

“A situação financeira do Clube todos conhecem. É uma situação que te traz muita dificuldade. Isso que eu tenho aqui publicamente de falar a respeito do presidente, que foi um cara que tentou de todas a as formas, até em momentos decisivos colocar aporte financeiro para fazer investimentos. Vou dar um exemplo. O Jean Lucas é um cara que nós indicamos em dezembro. O presidente e o Clube desde o início tentaram e não foi só pelo fator dinheiro que não aconteceu”, disse Odair Hellmann.

“Isso aconteceu em várias outras buscas. Então atrasou o processo de janeiro para a segunda parte da janela, que foi agora, onde chegaram reforços, mas não foi por falta de tentativa, porque desde quando eu assinei a gente visualizava que o grupo precisava de jogadores para qualificar o plantel e acrescentar qualidade ao time”, completou o treinador.

Odair enaltece oportunidade de trabalhar no Santos

Odair Hellmann dirigiu o Santos em 34 jogos, com 11 vitórias, 11 empates e 12 derrotas. Entretanto, além dos números, o treinador sabe que esperava-se um trabalho melhor, principalmente visando o padrão de jogo da equipe. Assim, após enaltecer a chance de trabalhar no Peixe, Odair afirmou: “gostaria de ter um final diferente”.

Publicidade

“Para mim, preciso deixar isso claro sempre, é uma honra ter trabalhado no Santos, um dos maiores (Clubes) da história. Quando você chega lá, você vê que é diferente. Infelizmente, eu gostaria de ter um final diferente do que foi. Trabalhei para isso. Não foi um trabalho fácil”, detalhou Odair.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.