Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

O espantoso aproveitamento de Dibu Martínez em pênaltis com a Argentina

Arqueiro sustenta marca de suma importância para os títulos recentes da seleção

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Charly Triballeau/AFP via Getty Images

Dentro dos pilares que formam a geração vitoriosa da seleção argentina, inegavelmente, o goleiro Dibu Martínez está incluso. Seja pelas atuações com bola rolando, mas, principalmente, pela notória capacidade de Dibu em cobranças de pênalti.

Já considerando a cobrança de Enner Valencia no tempo normal e as quatro da disputa na marca da cal, contra o Equador, são 24 penalidades contra a Albiceleste onde o arqueiro era Emiliano. E, em 12 oportunidades, a batida não se transformou em bola na rede.

Na maioria dessas vezes, foi o goleiro de 31 anos que fez a defesa, tendo nove intervenções nesse sentido. A mais famosa delas, certamente, quando parou o atacante francês Kignsley Coman na disputa que concedeu o tricampeonato do mundo para a Argentina.

Publicidade

Entretanto, ele também contou com o elemento sorte em outras três cobranças onde a trave e a falta de pontaria o “salvaram”. Curiosamente, a única vez que um cobrador não acertou, pelo menos, a trave também foi na decisão da última Copa do Mundo, caso do volante Aurélien Tchouaméni.

Além de Enner, quem carimbou o poste em pênalti batida contra Dibu foi Yoshimar Yotún, em Argentina 1 x 0 Peru, pelas Eliminatórias para a Copa do Qatar. O duelo em questão aconteceu no dia 14 de outubro de 2021.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.