Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

‘Nunca tive um time tão vibrante’, diz Dorival após classificação do São Paulo

Treinador destaca virtude da equipe tricolor, que venceu o Corinthians no Morumbi e assegurou vaga para a final da Copa do Brasil

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Dorival Júnior revelou uma conversa que teve com o elenco do São Paulo a fim de valorizar o trabalho que resultou, nesta quarta-feira (16), na classificação frente ao Corinthians para a decisão da Copa do Brasil. O treinador, que está no Morumbi há menos de quatro meses, contou que nem os atletas acreditaram quando ele disse que o Tricolor disputaria, ao menos, um título nesta temporada. Assim, 23 anos depois, o clube está de volta à final do torneio.

“Os próprios jogadores não acreditaram. Quando falei, um olhava para o outro e percebi que existia uma desconfiança muito grande. Eles pensaram: ‘esse cara está louco? Estamos brigando para ajustarmos nossa equipe'”, recordou.

O treinador reconheceu que a insegurança imperava no grupo quando ele assumiu o comando no fim de abril:

“Cheguei falando em conquista, em se preparar para chegar. Daqui para frente, vai depender de merecimento, comprometimento e entrega pra que possa fazer o principal de tudo: recuperar o amor do torcedor com o clube”.

Publicidade

Além de estar nas quartas de final da Sul-Americana, o São Paulo segue vivo na busca pela conquista inédita na Copa do Brasil. De acordo com o técnico, os atletas ganharam confiança ao entenderem que poderiam render mais.

“Nunca tive uma equipe tão vibrante, com tanta pegada, tanta força, com o desejo de se estabelecer e entregar ao torcedor algo que vem fazendo falta há alguns anos dentro do Morumbi. Eles perceberam que têm uma força um pouco maior do que aquilo que vinha sendo mostrado”, exaltou Dorival.

Publicidade

Na avaliação individual, rasgou elogios a Lucas Moura. Com um posicionamento inteligente, atuando entre as linhas de zaga e de volantes do Corinthans, o camisa 7 atuou com liberdade e criou ótimas chances. Além disso, foi premiado ao anotar o segundo gol são-paulino, justamente o que definiu a classificação.

“Lucas é um jogador muito importante. Tem características que nós não tínhamos até então. Pode atuar por dentro, pelo centro, pelo lado esquerdo. O importante é a doação e a intensidade que ele está mostrando, a qualidade nas jogadas”, descreveu o técnico.

Publicidade

Por fim, Dorival Júnior justificou a opção por não utilizar James Rodríguez, afirmando que o colombiano já está com ritmo de jogo e não entrou neste jogo por uma escolha tática.

“O jogo de hoje exigia outra característica pelo momento em que estávamos passando”, abreviou.

A intenção do técnico é promover a estreia de James na condição de titular na partida de sábado frente ao Botafogo, no Morumbi, pela primeira rodada do segundo turno do Campeonato Brasileiro.

Jogada10
Jogada10

Em sua segunda final de Copa do Brasil, o São Paulo terá pela frente o Flamengo, que eliminou o Grêmio. Desse modo, Dorival reencontrará o time pelo qual foi campeão do torneio na temporada passada.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.