Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Nova Zelândia surpreende Noruega na abertura da Copa Feminina

Wilkinson faz o primeiro gol da competição, e neozelandesas (uma das anfitriãs) batem a campeã do mundo de 1995 por 1 a 0

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Nova Zelândia ganhou por 1 a 0 da Noruega
Nova Zelândia ganhou por 1 a 0 da Noruega

A Nova Zelândia fez bonito na partida que abriu a Copa do Mundo feminina 2023. Em jogo realizado na madrugada desta quinta-feira (20/7), no Eden Park, em Aukland, com casa cheia, derrotou a favorita Noruega por 1 a 0, com gol de sua principal jogadora, a atacante Wilkinson, no início do segundo tempo.

Com os três pontos, a Nova Zelândia larga na frente do Grupo A. Filipinas e Suíça, que jogam nesta sexta-feira (21), fecham a primeira rodada da chave (as seleções que terminarem nos dois primeiros lugares avançam para as oitavas).

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

• Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

O resultado complica muito a situação da Noruega na competição. A seleção escandinava, que já foi potência na modalidade e tem um título (em 1995), lamenta a derrota para uma Nova Zelândia que, embora tenha disputado seis Mundiais, vinha muito mal na fase de preparação: em nove jogos havia vencido apenas um (2 a 0 na partida contra o Vietnã) e acumulado sete derrotas, algumas por goleada.

Nova Zelândia bate a favorita

No primeiro tempo, as defesas levaram a melhor. A Noruega sempre buscou sua craque, Ada Hegerberg. Mas ela sofria marcação cerrada e não conseguia espaços para finalização. Assim, a veterana buscava sair da área e tentar assistir as companheiras. Porém, sem sucesso. Pelo lado da Nova Zelândia, a situação era parecida. Afinal, as jogadas tinham como alvo a atacante Wilkinson. Contudo, o bom esquema tático defensivo das norueguesas anulou qualquer sucesso das donas da casa.

Publicidade

Mas veio o segundo tempo e a Nova Zelândia chegou ao seu gol. Logo aos dois minutos, após receber pela direita, Jacqui Hand viu o posicionamento de Wilkinson e cruzou para a goleadora, de primeira, fazer 1 a 0. Com a vantagem, o time da casa passou a se fechar. Quase levou o empate em bom lance de Maanum. Contudo, teve bons contra-ataques e por pouco não ampliou num belo chute de Indiah-Paige Riley.

Nos dez minutos finais, a Noruega ficou em cima e teve uma bola na trave de Tuva Hansen. Mas não era o seu dia. Aos 43, num ataque neozelandês, a bola bateu na mão de Mjelde. A árbitra não marcou nada em campo, mas o VAR a chamou. Pênalti. Entretanto, Percival mandou na trave. Mas isso não alterou a situação do jogo: Nova Zelândia vence por 1 a 0 e celebra um resultado que poucos esperavam na estreia da Copa do Mundo.

Copa do Mundo Feminina é inaugurada com show dentro e fora de campo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.