Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Nos pênaltis, Sevilla vence Del Valle e fatura o Desafio de Clubes

Diferencial para a conquista espanhola ficou em atuação, na marca da cal, do goleiro Marko Dmitrovic

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Jogada10
Jogada10 Jogada10

A primeira edição do UEFA-CONMEBOL Desafio de Clubes ficou com o Sevilla. Em partida nesta quarta-feira (19), contra o Independiente del Valle, no Estádio Ramón Sánchez Pizjuan, os espanhois ficaram no empate em 1 a 1 no tempo regulamentar e venceram nos pênaltis graças a duas intervenções do arqueiro sérvio Marko Dmitrovic.

Apesar da primeira finalização mais aguda ter saído dos pés de Papu Gómez onde, em batida de média distância, o arqueiro Moisés Ramírez precisou fazer importante intervenção, a abertura do marcador veio do lado equatoriano. Apertando a saída de bola do zagueiro Kike Salas, Lautaro Díaz ganhou a disputa e, cara a cara com o arqueiro Marko Dmitrovic, mostrou sua habitual tranquilidade para bater por baixo das pernas do goleiro adversário aos nove minutos de bola rolando.

Depois da inauguração do placar, o que se viu foram os anfitriões tendo por mais tempo o controle da posse e buscando girar no plano ofensivo em busca de espaços diante de um forte sistema de marcação do Del Valle. Por sua vez, a equipe de Sangolquí buscava subir suas linhas em momentos pontuais e quando tinha a possibilidade de sair com velocidade para explorar as costas da zaga espanhola.

Os dois times até apresentavam um bom ritmo no aspecto da movimentação e busca pela superioridade dentro de suas estratégias. Porém, faltava com que suas ideias se traduzissem em mais finalizações de real perigo, mantendo o placar na Andaluzía com a vantagem mínima do Independiente del Valle até o intervalo.

Publicidade

Além de ter mais posse de bola, a volta do confronto mostrou também um Sevilla com maior capacidade de fazer sua troca de passes e movimentação no sistema ofensivo em ‘confundir’ a defensiva equatoriana, indicando que poderia trazer maiores problemas ao gol de Ramírez do que conseguiu na etapa inicial.

Ao mesmo tempo, a ideia de jogo onde o IDV se aproveitava da postura adiantada do seu oponente e conseguia subidas pontuais ao ataque para incomodar Dmitrovic não conseguia ser executada com a mesma eficiência. Ficando, assim, com suas atenções quase que ininterruptamente voltadas para afastar o clube sevilhano das imediações de sua área.

Publicidade

Mesmo com a aparente superioridade em volume dos anfitriões, a melhor chance de empate no segundo tempo, até os 43 minutos, teve colaboração importante da defensiva do Del Valle. Depois de uma cobrança de escanteio vindo do lado direito, a saída equivocada de Ramírez deixou a meta totalmente aberta onde Pedro Ortiz, ao invés de bater em gol, tentou tocar para Iván Romero e foi interceptado.

Já aos 46, depois de notoria insistência e chegar a desperdiçar chance sem goleiro, o Sevilla acabou premiado em bola cruzada onde Mateo Carabajal desviou e Pedro Ortiz, com espaço para domínio, bateu de perna esquerda e finalmente superou Moisés Ramírez.

Na hora da decisão, brilhou a estrela de Marko Dmitrovic. Enquanto José Jordan, Iván Romero e Oussama Idrissi marcaram para os sevilhanos, Lorenzo Faravelli e Marcelo Moreno pararam nas mãos do goleiro sérvio. Assim, coube a Papu Gómez converter sua batida e sacramentar a conquista do primeiro Desafio de Clubes entre o campeão vigente da Liga Europa e o atual vencedor da Sul-Americana.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.