Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Nos pênaltis, Bragantino avança na Libertadores

Duelo truncado, com poucas chances e, após 90 minutos., o mesmo placar da ida, na Colômbia: 0 a 0. Nas penalidades, melhor para o Braga...

Jogada 10|

Foto: Nelson Almeida/ AFP via Getty Images
Foto: Nelson Almeida/ AFP via Getty Images Foto: Nelson Almeida/ AFP via Getty Images (Jogada 10)

Em jogo truncado e com poucas chances de gol no Nabi Abi Chedid, pela volta da segunda fase preliminar da Libertadores-2024, o Bragantino se classificou, nos pênaltis, para a terceira fase da Libertadores-2024. Nesta terça-feira (27/2), no tempo normal, 0 a 0. Como na ida rolou empate pelo mesmo placar, a decisão foi para as penalidades. E deu o Braga: 4 a 3. O time brasileiro acertou todas as cobranças. Salazar e Góez perderam para os colombianos.

Com o resultado, o Bragantino, avança. Dessa forma, vai enfrentar o vencedor de Botafogo x Aurora, que jogam nesta quarta-feira, no Nilton Santos. O jogo de ida, na Bolívia, terminou 1 a 1.

Veja aqui a tabela de jogos da Libertadores

Primeiro tempo modorrento

O Águilas jogou fechado, com três zagueiros e dois volantes. Mas tentando ligações diretas. Buscava, principalmente, avanços do lateral-direito Puertas. O Bragantino, com muita troca de bolas chegava facilmente perto da área. Porém, com dificuldade para arrumar espaços para a finalização. Na primeira, aos dez minutos, Vitinho recebeu de Lincoln pela esquerda e bateu para ótima defesa de Contreras. Entretanto, esta ficou como a única chance clara do time, que teve 70% de posse e viu o rival não dar um chute a gol. Porém, todos os outros quatro chutes a gol não ofereceram perigo ao gol colombiano.

Publicidade

Segundo tempo truncado

A entrada de Borbas no lugar de Capixada enfraqueceu defensivamente o Bragantino, que começou a cometer erros na hora em que era atacado e, aos oito, por milagre não levou o gol. Rivas entrou na área passando por dois jogadores e bateu para defesa parcial de Cleiton. A bola estava entrando, mas Leo Ortiz salvou na linha. O susto fez o Bragantino acordar. Passou a trabalhar mais pela direita, com Helinho e começou a arriscar de fora da área. Aos 22, Borbas teve a chance depois de boa jogada de Helinho e Sasha. Mas chutou fraco.

Nos minutos finais, o jogo que era truncado ficou ainda mais estudado, com os times nervosos e tentando evitar levar o gol. Aos 38, quase o Águilas fez o gol. Uma série de erros na hora de cortar a bola com Luan Cândido (duas vezes) e Nathan deu a chance para Ramos ficar em coindições de arremate na área. Mesmo na cara de Cleiton, ele pegou mal. Sorte do Braga. Dessa forma, o jogo caminhou para os pênaltis.

Publicidade

Nos pênaltis, Bragantino elimina Águilas

Para o Águilas: Piñeda, Garavito, Quiñónes marcaram; Cleiton defendeu a cobrança de Salazar; Góez isolou.

Para o Bragantino: Lincoln, Nathan, Luan Cândido, Léo Ortiz marcaram

Publicidade

BRAGANTINO 0X0 ÁGUILAS DORADAS-COL (nos pênaltis, Bragantino 4 a 3)

Segunda fase da Copa Libertadores – Volta

Data: 27/2/2024

Publicidade

Local: Nabi Abi Chedid, Bragança Paulista (SP)

Público: 4.201 pagantes

Renda: R$ 127.505,00

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Nathan Mendes, Léo Ortiz, Luan Cândido e Juninho Capixaba (Guilherme, 14’/2ºT); Jadsom e Erick Ramires (Bruninho, 19’/2ºT); Helinho (Laquintana, 34’/2ºT), Lincoln e Vitinho (Borbas, Intervalo); Eduardo Sasha (Talisson, 34’/2ºT). Técnico: Pedro Caixinha

ÁGUILAS DORADAS: Contreras; Puerta, Quiñónes, Moreno, Joaquín Varela e Garavito; Piñeda, Celis (Góez, 29’/2ºT), Salazar e Jose Rivas; Vuletich (Ramos, 37’2ºT). Técnico: Hernán Dario Gómez.

Gol: –

Árbitro: Piero Maza (CHI)

Assistentes: Claudio Urrutia (CHI) e Juan Serrano (CHI)

VAR: Fernando Vejar (CHI)

Cartões amarelos: Juninho Capixaba, Lucas Cândido, Helinho, Bruninho (BGT); Quiñónes, Celis, Varela, Piñeda (AGU)

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.