Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Nome lendário e pioneiro do futebol chileno, morre Jorge Toro

Don Jorge, que esteve na Copa do Mundo de 1962, foi o primeiro do país a atuar na Europa

Jogada 10|

Foto: Domínio Público/Wikimédia Commons
Foto: Domínio Público/Wikimédia Commons Foto: Domínio Público/Wikimédia Commons (Jogada 10)

Na última sexta-feira (16), faleceu o ex-jogador chileno Jorge Toro aos 85 anos de idade. A lendária figura andina passava por tratamento, desde 2017, em virtude de um diagnóstico de leucemia que apresentou considerável piora nos últimos dias.

Don Jorge Toro, como era conhecido, teve sua carreira bastante vinculada a passagem pelo Colo-Colo, clube onde ganhou projeção. Entre 1959 e 1962, as atuações no Cacique do meio-campista (conquistando três títulos) foram coroadas com a histórica participação na Copa do Mundo de 62. Sendo, até hoje, a melhor campanha da seleção chilena em Mundiais ao ficar com o terceiro lugar.

Depois disso, ele marcou época quando se tornou a primeira transferência de um atleta chileno rumando para o exterior quando reforçou o elenco da Sampdoria (Itália). Ali, se iniciava uma larga trajetória em solo italiano onde passou, também, por Modena e Hellas Verona.

Na reta final da carreira, Jorge Toro retornou ao futebol chileno para defender, além de novamente o Colo-Colo, Unión Española, Deportes Concepción, Audax Italiano e La Serena.

Publicidade

Logo após pendurar as chuteiras, Don Jorge também deu sua contribuição como treinador. Tendo trabalhado, nessa função, em clubes como La Calera, Colchagua, Santiago Wanderers, San Antonio Unido, Deportes Iquique e Cobreloa. Nesse ínterim, o feito mais destacado foi comandar o clube do Deserto do Atacama na conquista do Campeonato Chileno em 1985.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.