Jogada 10 No São Paulo, nada de pistas sobre escalação para Supercopa

No São Paulo, nada de pistas sobre escalação para Supercopa

Tiago Carpini diz que planejamento do Sâo Paulo é feito jogo é jogo e relativiza erros defensivos de começo da temporada

Jogada 10
Foto: Rubens Chiri e Paulo Pinto/SPFC

Foto: Rubens Chiri e Paulo Pinto/SPFC

Jogada 10

Rodando bastante seu elenco neste começo de temporada, o São Paulo faz questão de não dar pistas sobre qual time levará a campo na Supercopa do Brasil, contra o Palmeiras, no próximo dia 2. Embora ainda tenha dois jogos pelo Paulistão antes disso, contra Corinthians e Portuguesa, o técnico Tiago Carpini faz questão de destacar que ainda não definiu o planejamento para a primeira decisão de título da temporada.

“Nosso planejamento é jogo a jogo. O mais importante é sempre o próximo. Fazemos isso em cima do volume de treino nesse início de temporada, para termos o grupo mais equilibrado possível. E para não perder nenhum atleta por conta de excesso nesse início, que pode fazer falta na nossa continuidade. Então, para nós, não tem Corinthians, não tem Supercopa. Temos a Portuguesa no sábado, muito difícil, a gente vai ver o que tem de melhor, pensando também na rotatividade”.

Seja como for, o São Paulo cometeu erros defensivos importantes em seus dois primeiros jogos do ano. No último, diante do Mirassol, eles custaram caro e a equipe acabou empatando em 1 a 1, fora de casa, nesta terça-feira (23). Carpini considera que, apesar dos equívocos, eles são parte do momento que o Tricolor atravessa, de início de temporada e também falta de ritmo.

“Nesses dois jogos, nossa linha defensiva foi totalmente diferente da do ano passado. Então, esses ajustes são importantes. Estou contente com o que estou vendo, ajustamos muito mais na conversa, no movimento tático. Então, isso foge um pouco da situação real do jogo. Claro que os erros vão acontecer, fazem parte do processo. Mas a responsabilidade não é deles (jogadores)”, afirmou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas