Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

No Rio, Goytacaz pede licença e não vai jogar em 2024

Atualmente na Terceirona do Carioca, tradicional clube campista, dono de uma das maiores torcidas entre os clubes do RJ, critica falta...

Jogada 10|

Foto:  Flickr Goytacaz Futebol Clube
Foto:  Flickr Goytacaz Futebol Clube Foto:  Flickr Goytacaz Futebol Clube (Jogada 10)

O Goytacaz, considerado o clube de maior torcida do Rio após os quatro grandes e o América, divulgou em suas redes sociais que está se licenciando de todas as disputas de 2024. Na nota, em tom de desabafo, o clube que hoje está na Série B1 do Carioca (a Terceirona) criticou a Ferj, a prefeitura de sua cidade, Campos, e a falta de investidores para tomar a atitude extrema. Assim, tentará arrumar as finanças para voltar às disputas a partir de 2025. Eis um trecho da nota:

” (…) Diante dos valores praticados pela Federação do Rio e o absurdo do acesso às Séries principais, com apenas um clube subindo de divisão (…). Sendo assim, sem qualquer auxílio por parte do poder público de um município abastado financeiramente (…), E sem auxílio de nenhum investidor, decide pedir licença dos campeonatos estaduais que disputaria em 2024.”

Ferj se pronuncia

Ao ser procurada para falar sobre a decisão do Goytacaz, a Federação de Futebol do Rio (Ferj) disse que ainda não recebeu um comunicado oficial. Mas que, se isso vier a ocorrer, fará os trâmites regulamentares, dando a licença ao clube. Porém, automaticamente o rebaixará para a divisão seguinte, no caso a Quarta Divisão. Aliás, o Goytacaz seria o segundo a tomar tal atitude. Há dias, o Barra da Tijuca pediu o seu licenciamento por um ano. Automaticamente caiu da B1 para a B2. E disse que não procede a crítica sobre o regulamento, pois ele é tomado em conselho com as próprias agremiações.

Todos os regulamentos das competições são debatidos, em Conselho Arbitral, pelos clubes, responsáveis pela aprovação ou não. Isso inclui desde fórmula de disputa a acesso e descenso”, disse a Ferj em nota.

Publicidade

Raio-x do Goytacaz

Fundado em 20/8/1912, o Goytacaz, além de torcida numerosa no Norte do estado, ostenta 21 campeonatos campistas e cinco campeonatos Fluminenses. A partir de 1976, com a fusão dos estados do Rio e da Guanabara, passou a disputar o Cariocão. Seus melhores resultados foram nos anos 80. Porém, desde 1993 não joga na elite. Já esteve na Repescagem do Carioca na década passada, mas jamais avançançando à fase de grupos. Nacionalmente, disputou a elite do Brasileirao nos anos 70. Em 1985 teve seu maior êxito: foi vice campeão do que é hoje a Série B do Brasileiro. Porém, naquele ano, apenas o campeão (Tuna Luso-PA) avançou.

O clube campista revelou jogadores de renome, como Amaro (destaque da Seleção Brasileira nos anos 20). Mas o maior deles foi Amarildo Possesso, destaque do Brasil na campanha do bicampeonato mundial em 1962.

Publicidade

A agremiação de Campos dos Goytacazes que desde os anos 1993 não joga a elite do Cariocão (em 2018 e 2019 jogou a repescagem, mas não avançou à fase principal. Em 2023 (após subir da B2) caiu na semifinal da B1, perdendo a chance de voltar à Segundona, divisão que é o clube com mais participações.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter,Instagram Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.