Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Na estreia do técnico Arthur Elias, Brasil vence Canadá com gol no finzinho

Seleção brasileira jogou melhor do que as anfitriãs e contou com gol de Debinha nos acréscimos para assegurar o triunfo em amistoso

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Leandro Lopes/CBF
Foto: Leandro Lopes/CBF

Foi com vitória a estreia do técnico Arthur Elias na seleção brasileira feminina. Na tarde deste sábado (28), a equipe Canarinho fez 1 a 0 no Canadá, no Montrela Stadium. Debinha anotou nos acréscimos o gol solitário da partida, que marcou a volta da dupla Cristiane e Marta como titulares do Brasil.

O principal objetivo do novo comandante é preparar o escrete Canarinho para disputar a Olimpíada de Paris 2024, daqui a dez meses. Pelo lado das anfitriãs, o amistoso foi o primeiro dos cinco jogos de despedida da atacante Christine Sinclair da seleção canadense. Ela, aliás, entrou na metade do segundo tempo; ela faz o primeiro dos cinco jogos de despedida da seleção do Canadá.

O jogo

Como previsto, o técnico Arthur Elias armou o Brasil com linha de três zagueiras. A novidade ficou por conta de Lauren no lugar de Tainara na zaga. A equipe dominou as ações e teve boa movimentação na frente, ficando próxima de balançar a rede em duas ocasiões. Primeiro, quando Tamires furou na pequena área, aos 28', após cruzamento de Adriana. Depois, em belo arremate de Adriana, aos 31', que obrigou a goleira Sheridan a fazer ótima defesa no ângulo.

Entretanto, as brasileiras deixaram muitos espaços e viram as canadenses assustarem. Em especial, nos minutos finais com a zagueira Vanessa Gilles, que chegou a marcar de cabeça, aos 27', depois em finalização cruzada de Julia Grosso, aos 41', e, por último, em chute para fora de Adriana Leon, livre na área.

Publicidade

A partida ganhou ainda mais emoção no retorno do intervalo. As brasileiras jogaram dentro do campo adversário, com ritmo de jogo elevado e boa troca de passes. Debinha e Ary tiveram boas chances. No fim, a zagueira Gilles quase marcou, na única chegada das canadenses no segundo tempo.

Mas a tarde era de Debinha, que, depois de desperdiçar chance clara de frente para a goleira Sheridan, finalmente balançou a rede aos 48 minutos. Depois de receber na entrada da área após roubo de bola da seleção, a atacante finalizou e contou com o desvio em duas defensoras para superar Sheridan e garantir o triunfo das brasileiras.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.