Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Músicas, carisma e muita identificação: a febre Payet em uma semana

Craque francês muda o clima no Vasco desde o anúncio do pré-contrato, mobiliza torcida e esbanja sorrisos disponibilidade

Jogada 10|

Jogada10
Jogada10 Jogada10

Faz uma semana que Dimitri Payet entrou no notíciário do Vasco, com o anúncio das negociações e da assinatura do pré-contrato. Desde então, o ex-jogador da seleção francesa mudou totalmente o clima no clube. Mais do que isso, empolgou os torcedores após quatro meses de maus resultados e incertezas. Afinal, nos primeiros dias, antes mesmo de sua chegava já havia, nas redes sociais, paródias para festejá-lo e projeções otimistas. Mas o novo camisa 10 conquistou de vez os vascaínos com sua atitude até aqui no Rio de Janeiro.

Antes de embarcar, ciente da expectativa sobre seu nome, Payet postou um vídeo em português em que avisou: “Tô chegando”. No aeroporto, na madrugada de quarta-feira, a impressionante festa com cerca de cinco mil pessoas aproximou ainda mais as partes. Ele chegou, a princípio, com sua esposa, seu agente e teve o apoio do assessor do Vasco, Léo Matos, ex-lateral da equipe e do próprio Olympique de Masrselha, do qual o o francês é idolo após oito temporadas. Outro brasileiro, o ex-atacante Túlio Melo, intermediou as conversas.

A partir daí, Dimitri Payet fez um tour por São Januário, participou de ações do clube e fez questão de abraçar crianças da comunidade da Barreira, no campo do estádio, após sua apresentação oficial. Sempre solícito a qualquer proposta do departamento de marketing do Vasco. Na coletiva, aliás, provou conhecer a história, ao citar a luta cruz-maltina contra o racismo e também vários craques que o antecederam.

‘Tem origens que remetem ao Vasco’, diz diretor

Responsável pela contratação, o diretor da SAF, Paulo Bracks, comemorou o fim da “busca incessante” pelo camisa 10, que estava sem dono desde a saída de Nenê, em abril. Além disso, ao canal ‘Atenção Vascaínos’, revelou que a possibilidade só ganhou força nas últimas semanas.

Continua após a publicidade

Afinal de contas, até julho, Payet ainda negociava a renovação com o Marselha e tinha ofertas de times árabes bastante distantes do orçamento do Vasco. “Um nome inalcansável”, segundo Bracks. Porém, o astro rejeitou e ganhou ainda mais pontos com a seguinte declaração:

“As pessoas que me conhecem sabem que o dinheiro não é uma prioridade para mim há muito tempo. Eu acho bom ter, também não devia cuspir na sopa, mas acho que é por isso que eu estava tão feliz aqui porque tinha esse amor. E é por isso que fiz essa escolha também. É a escolha do futebol e não do dinheiro”, explicou Payet, ainda na França.

Continua após a publicidade

Segundo Bracks, a identificação foi fácil, até aqui, por conta das origens do jogador.

“Nos aproximamos dele muito por causa do coração mesmo. (O acerto) Foi por uma série de circunstâncias, pelo carinho e atenção que demos, e ele retribuiu. É um jogador que tem origuens que remetem ao Vasco e ao Brasil. Ele é próximo a nós de perfil e já está adaptado (…) É uma cara muito simples e está muito satisfeito”, revelou o dreitor.

Continua após a publicidade

Músicas e festa para a esperança Payet

O funkeiro Kevin O Chris foi um dos primeiros a lançar uma versão de seu hit “Tá Ok”, com o nome de Payet. A prévia da letra diz o seguinte: “Bola aê / Brisa aê / Que hoje é dia de Payet / Faz o que quiser fazer…” (veja o vídeo abaixo). Uma família também publicou uma ideia de hit para as arquibancadas, baseada na . Além disso, várias outras canções vascaínas ganharam o acréscimo de Payet no aeroporto.

Uma outra versão tem a letra diferente do vídeo acima:

“Payet, Payet, Payet, Payet…

Ei, ei, ei, ei

Ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô (2x)

Quando Payet chegar, Quando Payet chegar, Quando Paytet chegar

Numa nova seleção… Te espero no Vascão

Salve o Meu Vascô

Que eu Amo e que faço tudo por amor

Eu sou du Vascô

Que é da virada, é o time do Amor (2x)

Payet, Payet, Payet, Payet…

Ei, ei, ei, ei

Ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô

Payet, Payet, Payet, Payet…

Ei, ei, ei, ei

Ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô (2x)”

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.