Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Muros do Parque São Jorge são pichados e aumenta crise no Corinthians

Empate contra o Cuiabá em casa e permanência na zona de rebaixamento causam novo protesto da torcida do Timão

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Reprodução/Instagram

Os muros que cercam o Parque São Jorge foram pichados nesta quinta-feira (27), em forma de protesto da torcida do Corinthians. Os simpatizantes não ficaram nada contentes com o empate em 1 a 1 contra o Cuiabá, na quarta (26), na Neo Química Arena, pela 12° rodada do Brasileirão. O Timão á realizou a pintura para apagar as mensagens.

Anteriormente, a torcida estava criticando apenas a diretoria, por conta dos casos extracampo, como a rescisão de contrato com a VaideBet. Contudo, após o empate contra o Dourado, os jogadores entraram também na lista de protesto. Frases como Chega de mentira. Mostra atitude”, ”Acabou a paz” e “Time sem vergonha” acabaram sendo pichadas.

O empate contra o Cuiabá aumentou ainda mais a pressão no clube. Afinal, o Corinthians está na zona de rebaixamento com apenas nove pontos somados e venceu apenas uma partida na competição. Além disso, o técnico António Oliveira começou a ver seu cargo ficar bastante ameaçado no Alvinegro.

A torcida entende que o treinador seria o menor dos culpados, já que a diretoria vendeu algumas referências do elenco e não trouxe reforços. Contudo, a falta de resultados e por não estar conseguindo mostrar evolução técnica nos últimos jogos, começaram a pesar contra o português.

O Corinthians volta a campo nesta segunda-feira (1), para enfrentar o  Palmeiras, no Allianz Parque, às 20h, pela 13° rodada do Campeonato Brasileiro. Uma derrota pode custar o emprego de António Oliveira. Além disso, um revés para o maior rival pode deixar os ânimos ainda mais acalorados no Parque São Jorge.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.