Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Morto aos 87 anos, Abílio Diniz era são-paulino apaixonado e um entusiasta do esporte

Morto aos 87 anos, Abílio Diniz era são-paulino apaixonado e um entusiasta do esporte

Jogada 10|

Morreu no domingo, dia 18 de fevereiro, Abílio Diniz, um dos empresários mais bem-sucedidos do Brasil. Após passar mal na cidade de Aspen, no Colorado (EUA), ele teve de voltar com urgência ao Brasil em um avião adaptado com UTI. Internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, acabou não resistindo a um quadro de pneumonia. - Foto: Reprodução/Instagram
Morreu no domingo, dia 18 de fevereiro, Abílio Diniz, um dos empresários mais bem-sucedidos do Brasil. Após passar mal na cidade de Aspen, no Colorado (EUA), ele teve de voltar com urgência ao Brasil em um avião adaptado com UTI. Internado no Hospital ... Morreu no domingo, dia 18 de fevereiro, Abílio Diniz, um dos empresários mais bem-sucedidos do Brasil. Após passar mal na cidade de Aspen, no Colorado (EUA), ele teve de voltar com urgência ao Brasil em um avião adaptado com UTI. Internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, acabou não resistindo a um quadro de pneumonia. - Foto: Reprodução/Instagram (Jogada 10 - Galerias)
Abílio Diniz construiu um império com o Grupo Pão de Açúcar. Em 2005, a varejista foi vendida ao conglomerado francês Casino e o empresário ocupava nos últimos tempos a vice-presidência da rede de supermercados Carrefour. - Foto: Carina Caracol/Wikimedia Commons
Abílio Diniz construiu um império com o Grupo Pão de Açúcar. Em 2005, a varejista foi vendida ao conglomerado francês Casino e o empresário ocupava nos últimos tempos a vice-presidência da rede de supermercados Carrefour. - Foto: Carina Caracol/Wikimed... Abílio Diniz construiu um império com o Grupo Pão de Açúcar. Em 2005, a varejista foi vendida ao conglomerado francês Casino e o empresário ocupava nos últimos tempos a vice-presidência da rede de supermercados Carrefour. - Foto: Carina Caracol/Wikimedia Commons (Jogada 10 - Galerias)
De acordo com ranking da revista Forbes, Abílio Diniz era o 31º brasileiro mais rico do mundo, com fortuna estimada em 2 bilhões de dólares (R$ 9,9 bilhões). - Foto: Reprodução/Instagram
De acordo com ranking da revista Forbes, Abílio Diniz era o 31º brasileiro mais rico do mundo, com fortuna estimada em 2 bilhões de dólares (R$ 9,9 bilhões). - Foto: Reprodução/Instagram De acordo com ranking da revista Forbes, Abílio Diniz era o 31º brasileiro mais rico do mundo, com fortuna estimada em 2 bilhões de dólares (R$ 9,9 bilhões). - Foto: Reprodução/Instagram (Jogada 10 - Galerias)
Além da notoriedade no universo corporativo, Abílio Diniz também ganhou fama por sua forte ligação com o esporte e por ser um torcedor apaixonado do São Paulo Futebol Clube. - Foto: Reprodução/Twitter
Além da notoriedade no universo corporativo, Abílio Diniz também ganhou fama por sua forte ligação com o esporte e por ser um torcedor apaixonado do São Paulo Futebol Clube. - Foto: Reprodução/Twitter Além da notoriedade no universo corporativo, Abílio Diniz também ganhou fama por sua forte ligação com o esporte e por ser um torcedor apaixonado do São Paulo Futebol Clube. - Foto: Reprodução/Twitter (Jogada 10 - Galerias)
O empresário chegou a se engajar na política são-paulina ao integrar o Conselho Consultivo do clube, que teve entre os participantes o publicitário Roberto Justus. - Foto: Reprodução/Instagram
O empresário chegou a se engajar na política são-paulina ao integrar o Conselho Consultivo do clube, que teve entre os participantes o publicitário Roberto Justus. - Foto: Reprodução/Instagram O empresário chegou a se engajar na política são-paulina ao integrar o Conselho Consultivo do clube, que teve entre os participantes o publicitário Roberto Justus. - Foto: Reprodução/Instagram (Jogada 10 - Galerias)
Após se afastar do órgão consultivo devido a divergências com dirigentes, Abílio Diniz voltou a atuar no São Paulo em prol da candidatura de Julio Casares à presidência do clube, em 2020. - Foto: Divulgação/São Paulo
Após se afastar do órgão consultivo devido a divergências com dirigentes, Abílio Diniz voltou a atuar no São Paulo em prol da candidatura de Julio Casares à presidência do clube, em 2020. - Foto: Divulgação/São Paulo Após se afastar do órgão consultivo devido a divergências com dirigentes, Abílio Diniz voltou a atuar no São Paulo em prol da candidatura de Julio Casares à presidência do clube, em 2020. - Foto: Divulgação/São Paulo (Jogada 10 - Galerias)
“Eu tenho um envolvimento com o São Paulo, ajudei a eleger o Julio Casares. Agora, eu não ponho dinheiro no São Paulo de jeito nenhum, primeiro porque estaria comprando um lugar no São Paulo e não faço isso de jeito nenhum”, declarou o bilionário em uma entrevista ao Flow Podcast. - Foto: Reprodução/Youtube
“Eu tenho um envolvimento com o São Paulo, ajudei a eleger o Julio Casares. Agora, eu não ponho dinheiro no São Paulo de jeito nenhum, primeiro porque estaria comprando um lugar no São Paulo e não faço isso de jeito nenhum”, declarou o bilionário em um... “Eu tenho um envolvimento com o São Paulo, ajudei a eleger o Julio Casares. Agora, eu não ponho dinheiro no São Paulo de jeito nenhum, primeiro porque estaria comprando um lugar no São Paulo e não faço isso de jeito nenhum”, declarou o bilionário em uma entrevista ao Flow Podcast. - Foto: Reprodução/Youtube (Jogada 10 - Galerias)
Cazares se pronunciou sobre a morte em seu perfil nas redes sociais chamando Diniz de amigo e irmão. “Você é uma das nossas maiores referências”. O dirigente postou uma foto com o empresário e uma medalha referente à conquista da Copa do Brasil de 2023, em setembro do ano passado. - Foto: Reprodução/Instagram
Cazares se pronunciou sobre a morte em seu perfil nas redes sociais chamando Diniz de amigo e irmão. “Você é uma das nossas maiores referências”. O dirigente postou uma foto com o empresário e uma medalha referente à conquista da Copa do Brasil de 2023... Cazares se pronunciou sobre a morte em seu perfil nas redes sociais chamando Diniz de amigo e irmão. “Você é uma das nossas maiores referências”. O dirigente postou uma foto com o empresário e uma medalha referente à conquista da Copa do Brasil de 2023, em setembro do ano passado. - Foto: Reprodução/Instagram (Jogada 10 - Galerias)
O vínculo profundo com o São Paulo fez com que o velório de Abílio Diniz, aberto ao público, fosse realizado no Salão Nobre do estádio MorumBIS. - Foto: Rubens Chiri/São Paulo
O vínculo profundo com o São Paulo fez com que o velório de Abílio Diniz, aberto ao público, fosse realizado no Salão Nobre do estádio MorumBIS. - Foto: Rubens Chiri/São Paulo O vínculo profundo com o São Paulo fez com que o velório de Abílio Diniz, aberto ao público, fosse realizado no Salão Nobre do estádio MorumBIS. - Foto: Rubens Chiri/São Paulo (Jogada 10 - Galerias)
Ídolo do São Paulo, o ex-goleiro Rogério Ceni lamentou a partida de Abílio Diniz com uma mensagem no Instagram. “Meus sentimentos a toda a família, meu obrigado pela amizade e aprendizado!” - Foto: Reprodução/Instagram
Ídolo do São Paulo, o ex-goleiro Rogério Ceni lamentou a partida de Abílio Diniz com uma mensagem no Instagram. “Meus sentimentos a toda a família, meu obrigado pela amizade e aprendizado!” - Foto: Reprodução/Instagram Ídolo do São Paulo, o ex-goleiro Rogério Ceni lamentou a partida de Abílio Diniz com uma mensagem no Instagram. “Meus sentimentos a toda a família, meu obrigado pela amizade e aprendizado!” - Foto: Reprodução/Instagram (Jogada 10 - Galerias)
Muricy Ramalho, tricampeão brasileiro como técnico do São Paulo e atualmente coordenador de futebol do clube, também o chamou de amigo em mensagem. - Foto: Divulgação/São Paulo
Muricy Ramalho, tricampeão brasileiro como técnico do São Paulo e atualmente coordenador de futebol do clube, também o chamou de amigo em mensagem. - Foto: Divulgação/São Paulo Muricy Ramalho, tricampeão brasileiro como técnico do São Paulo e atualmente coordenador de futebol do clube, também o chamou de amigo em mensagem. - Foto: Divulgação/São Paulo (Jogada 10 - Galerias)
O técnico Hernán Crespo, que levou o São Paulo ao título paulista de 2021, também homenageou Abílio Diniz. “Meu amigo! Meu mentor! Obrigado pelos ensinamentos… abraço gr- Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.netande para toda a sua família”, escreveu o argentino.
O técnico Hernán Crespo, que levou o São Paulo ao título paulista de 2021, também homenageou Abílio Diniz. “Meu amigo! Meu mentor! Obrigado pelos ensinamentos… abraço gr- Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.netande para toda a sua família”, escreveu o argent... O técnico Hernán Crespo, que levou o São Paulo ao título paulista de 2021, também homenageou Abílio Diniz. “Meu amigo! Meu mentor! Obrigado pelos ensinamentos… abraço gr- Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.netande para toda a sua família”, escreveu o argentino. (Jogada 10 - Galerias)
O clube emitiu uma nota oficial de pesar e decretou luto de três dias pela morte do seu torcedor ilustre. “Abílio se tornou figura pública importante no cenário nacional, e sempre se fez presente no ambiente são-paulino, agregando conhecimento e muita torcida”. - Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net
O clube emitiu uma nota oficial de pesar e decretou luto de três dias pela morte do seu torcedor ilustre. “Abílio se tornou figura pública importante no cenário nacional, e sempre se fez presente no ambiente são-paulino, agregando conhecimento e muita ... O clube emitiu uma nota oficial de pesar e decretou luto de três dias pela morte do seu torcedor ilustre. “Abílio se tornou figura pública importante no cenário nacional, e sempre se fez presente no ambiente são-paulino, agregando conhecimento e muita torcida”. - Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net (Jogada 10 - Galerias)
Outro vínculo de Abílio Diniz com o futebol foi a fundação do Pão de Açúcar Esporte Clube, projeto que foi pensado para a formação de jogadores e acabaria ingressando no futebol profissional como Audax. - Foto: Nellie Solitrenick/Divulgação
Outro vínculo de Abílio Diniz com o futebol foi a fundação do Pão de Açúcar Esporte Clube, projeto que foi pensado para a formação de jogadores e acabaria ingressando no futebol profissional como Audax. - Foto: Nellie Solitrenick/Divulgação Outro vínculo de Abílio Diniz com o futebol foi a fundação do Pão de Açúcar Esporte Clube, projeto que foi pensado para a formação de jogadores e acabaria ingressando no futebol profissional como Audax. - Foto: Nellie Solitrenick/Divulgação (Jogada 10 - Galerias)
Em 2013, o Grupo Casino, que passou a controlar o Pão de Açúcar, vendeu o Audax e Abílio externou no Twitter (atual X) o desagrado com a decisão. O clube, que tem uma filial no Rio, chegou a disputar sob o comando de Fernando Diniz a final do Campeonato Paulista de 2016 contra o Santos. - Foto: Célio Messias/FPF
Em 2013, o Grupo Casino, que passou a controlar o Pão de Açúcar, vendeu o Audax e Abílio externou no Twitter (atual X) o desagrado com a decisão. O clube, que tem uma filial no Rio, chegou a disputar sob o comando de Fernando Diniz a final do Campeonat... Em 2013, o Grupo Casino, que passou a controlar o Pão de Açúcar, vendeu o Audax e Abílio externou no Twitter (atual X) o desagrado com a decisão. O clube, que tem uma filial no Rio, chegou a disputar sob o comando de Fernando Diniz a final do Campeonato Paulista de 2016 contra o Santos. - Foto: Célio Messias/FPF (Jogada 10 - Galerias)
O líder empresarial foi um entusiasta da prática de esportes durante toda a vida. Na infância, quando morava no bairro do Paraíso, na capital paulista, chegou a atuar como goleiro, algo que voltaria a fazer mais tarde. - Foto: Reprodução/Facebook
O líder empresarial foi um entusiasta da prática de esportes durante toda a vida. Na infância, quando morava no bairro do Paraíso, na capital paulista, chegou a atuar como goleiro, algo que voltaria a fazer mais tarde. - Foto: Reprodução/Facebook O líder empresarial foi um entusiasta da prática de esportes durante toda a vida. Na infância, quando morava no bairro do Paraíso, na capital paulista, chegou a atuar como goleiro, algo que voltaria a fazer mais tarde. - Foto: Reprodução/Facebook (Jogada 10 - Galerias)
Registros biográficos presentes no site oficial do empresário contam que o esporte foi a forma que Abílio Diniz encontrou para escapar de agressões e do bullying que sofria por ser “baixinho e gordinho”. Após destacar-se como goleiro, fez aulas de boxe, praticou corrida de rua e outras atividades. - Foto: Divulgação
Registros biográficos presentes no site oficial do empresário contam que o esporte foi a forma que Abílio Diniz encontrou para escapar de agressões e do bullying que sofria por ser “baixinho e gordinho”. Após destacar-se como goleiro, fez aulas de boxe... Registros biográficos presentes no site oficial do empresário contam que o esporte foi a forma que Abílio Diniz encontrou para escapar de agressões e do bullying que sofria por ser “baixinho e gordinho”. Após destacar-se como goleiro, fez aulas de boxe, praticou corrida de rua e outras atividades. - Foto: Divulgação (Jogada 10 - Galerias)
“O talento de goleiro no futebol e depois nas lutas deu-lhe autoestima e consolidou sua crença na capacidade do esporte como atividade transformadora. Sem perder de vista o futebol, aprendeu judô, boxe e capoeira e, ainda adolescente, iniciou-se na musculação e no levantamento de peso em uma academia no centro de São Paulo”, destaca o texto da página digital. - Foto: Reprodução
“O talento de goleiro no futebol e depois nas lutas deu-lhe autoestima e consolidou sua crença na capacidade do esporte como atividade transformadora. Sem perder de vista o futebol, aprendeu judô, boxe e capoeira e, ainda adolescente, iniciou-se na mus... “O talento de goleiro no futebol e depois nas lutas deu-lhe autoestima e consolidou sua crença na capacidade do esporte como atividade transformadora. Sem perder de vista o futebol, aprendeu judô, boxe e capoeira e, ainda adolescente, iniciou-se na musculação e no levantamento de peso em uma academia no centro de São Paulo”, destaca o texto da página digital. - Foto: Reprodução (Jogada 10 - Galerias)
No dia 11 de setembro de 1989, Abílio Diniz passou por um dos grandes dramas de sua vida ao sofrer um sequestro e ficar sete dias preso em um cativeiro. O fato “eliminou de sua mente a crença de ser um homem inatingível e indestrutível”, diz o site dedicado ao empresário. - Foto: Reprodução/site Abílio Diniz
No dia 11 de setembro de 1989, Abílio Diniz passou por um dos grandes dramas de sua vida ao sofrer um sequestro e ficar sete dias preso em um cativeiro. O fato “eliminou de sua mente a crença de ser um homem inatingível e indestrutível”, diz o site ded... No dia 11 de setembro de 1989, Abílio Diniz passou por um dos grandes dramas de sua vida ao sofrer um sequestro e ficar sete dias preso em um cativeiro. O fato “eliminou de sua mente a crença de ser um homem inatingível e indestrutível”, diz o site dedicado ao empresário. - Foto: Reprodução/site Abílio Diniz (Jogada 10 - Galerias)
Abílio Diniz passou por dois casamentos e teve seis filhos - quatro da união com Maria Auriluce Falleiros e dois com a economista Geyze Marchese. Em 2022, o empresário sofreu o que classificou como “golpe mais duro da vida”, a morte do filho João Paulo Diniz, aos 58 anos, vitimado por um infarto fulminante em Paraty, no Rio de Janeiro. - Foto: Reprodução/Instagram
Abílio Diniz passou por dois casamentos e teve seis filhos - quatro da união com Maria Auriluce Falleiros e dois com a economista Geyze Marchese. Em 2022, o empresário sofreu o que classificou como “golpe mais duro da vida”, a morte do filho João Paulo... Abílio Diniz passou por dois casamentos e teve seis filhos - quatro da união com Maria Auriluce Falleiros e dois com a economista Geyze Marchese. Em 2022, o empresário sofreu o que classificou como “golpe mais duro da vida”, a morte do filho João Paulo Diniz, aos 58 anos, vitimado por um infarto fulminante em Paraty, no Rio de Janeiro. - Foto: Reprodução/Instagram (Jogada 10 - Galerias)
Outro de seus filhos se tornou um esportista bem famoso: Pedro Paulo Diniz, que foi piloto de Fórmula 1 entre 1995 e 2000 (correu por Forti, Arrows e Sauber) - Foto: Foto: Divulgação Pedro Paulo Diniz
Outro de seus filhos se tornou um esportista bem famoso: Pedro Paulo Diniz, que foi piloto de Fórmula 1 entre 1995 e 2000 (correu por Forti, Arrows e Sauber) - Foto: Foto: Divulgação Pedro Paulo Diniz Outro de seus filhos se tornou um esportista bem famoso: Pedro Paulo Diniz, que foi piloto de Fórmula 1 entre 1995 e 2000 (correu por Forti, Arrows e Sauber) - Foto: Foto: Divulgação Pedro Paulo Diniz (Jogada 10 - Galerias)
Abilio Diniz foi velado no estádio do São Paulo, Morumbi, nesta segunda-feira, sendo enterrado em um cemitério paulista no fim da tarde - Foto: eprodução/TV Globo
Abilio Diniz foi velado no estádio do São Paulo, Morumbi, nesta segunda-feira, sendo enterrado em um cemitério paulista no fim da tarde - Foto: eprodução/TV Globo Abilio Diniz foi velado no estádio do São Paulo, Morumbi, nesta segunda-feira, sendo enterrado em um cemitério paulista no fim da tarde - Foto: eprodução/TV Globo (Jogada 10 - Galerias)

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.