Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Médico explica detalhes da lesão sofrida por Pablo Maia

Pablo Maia, volante do São Paulo, se lesionou durante treino e precisou de cirurgia na coxa esquerda; jogador segue sem previsão de...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Divulgação

Em treino realizado no CCT da Barra Funda, o volante Pablo Maia, do São Paulo, sofreu uma grave lesão na coxa esquerda e foi submetido a uma cirurgia na última quarta-feira (1).

Médica do esporte que trabalha com o futebol há mais de 20 anos, a Dra. Flávia Magalhães detalhou quais são as causas mais recorrentes da contusão e as consequências que ela pode trazer para o jogador.

“Os músculos posteriores da coxa são divididos em bíceps (póstero lateral da coxa), semitendíneo e semimembranoso (póstero mediais da coxa). Estes últimos são chamados de isquiotibiais. Tais músculos se originam na pelve e descem por trás da coxa, se conectando na perna dos indivíduos. A principal causa da lesão nesse músculo é a sobrecarga muscular. Quando os isquiotibiais não resistem à força realizada pelo quadríceps (músculo anterior da coxa), eles podem se romper, como no caso do Pablo Maia”, explicou antes de completar:

“Neste caso é necessária a cirurgia, seja para inserir o músculo e tendão, seja para unir partes do músculo, ou para inserir o tendão no osso”.

Publicidade

Recuperação de Pablo Maia

De acordo com a médica, inicialmente, o processo será para reduzir o edema pós-cirurgia. Apesar de receber todo apoio do clube, o jogador ainda não tem previsão para retornar aos trabalhos e precisa de muita paciência para voltar aos gramados.

Publicidade

“A primeira fase é o PRICE que, traduzido, significa repouso, gelo, compressão e elevação. Pode ser necessário uso de muletas, retirando apoio para um melhor conforto do atleta. A fase inicial visa reduzir o edema, ou hematoma, e promover a analgesia. Depois ele segue no tratamento fisioterápico para uma correta cicatrização. A fase seguinte conta com exercícios de flexibilidade e alongamento. Posteriormente ocorre o fortalecimento progressivo e o treinamento específico do atleta”, explica a doutora.

Estrutura

Publicidade

A fim de acelerar o retorno, o São Paulo espera que a sua estrutura ajude o volante e ficar disponível para Luis Zubeldía nos próximos meses.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.