Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Medel perde espaço no Vasco após saída de Díaz e rixas

Zagueiro chileno já não entra em campo há duas partidas; saída do Vasco não está descartada após confusões

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Leandro Amorim/Vasco (Leandro Amorim)

Gary Medel aparenta estar com os dias contados em São Januário. O capitão do Vasco perdeu espaço no elenco e já não atua há duas partidas. E, segundo publicação do “Ge”, o jogador, dos mais queridos do ex-técnico Ramón Díaz, já não é bem-visto pelo elenco.

De acordo com a matéria, Medel brigou com Cauã Paixão, jovem revelado pelo Cruz-Maltino e hoje em empréstimo no América-RN, trocando socos e inclusive mordendo o ex-atleta vascaíno, de 19 anos. O episódio aconteceu em 31 de janeiro, quando o Vasco iria enfrentar o Nova Iguaçu, pela quinta rodada do Campeonato Carioca.

Segundo a publicação, o elenco estava em Uberlândia, onde o jogo aconteceu, e Cauã entrou no elevador do hotel sem cumprimentar Medel e os demais jogadores presentes, desagradando ao capitão. O chileno deu, então, um tapa com força na sua nuca, com Paixão reagindo.

LEIA MAIS: Ausente nos jogos fora, Payet voltará a ser relacionado pelo Vasco

Publicidade

Primeiro, em forma de discussão dentro do elevador. Depois, Medel deu um segundo tapa, quando o atacante se atirou na direção do capitão. e ambos começaram a trocar socos. O chileno ainda mordeu Paixão antes de companheiros separarem a briga.

Não à toa, 20 dias depois, o Vasco anunciou o empréstimo de Cauã ao América-RN. Já o zagueiro sequer recebeu punição, o que incomodou o restante do elenco. Ainda assim, Medel gozava de prestígio com Ramón e Emiliano Díaz – eles têm o mesmo empresário.

Publicidade

Saída?

Medel recebe um dos maiores vencimentos do Vasco: R$ 800 mil mensais. Com isso em mente, o clube agora trabalha para uma possível saída na janela de julho. O contrato do jogador vai até dezembro de 2024, mas sua saída abriria folha para a chegada de novos reforços.

Publicidade

Capitão desde que chegou – sua estreia foi em 23/07/2023, em derrota por 2 a 0 para o Athletico, em São Januário (estreia também de Ramón Díaz), Medel foi importante na recuperação do clube no Brasileirão do ano em questão.

Em 2024, porém, o rendimento não foi o mesmo. Ele chegou a dar entrevista em que afirmava querer renovar com o Vasco, mas a saída parece inevitável. Seu último jogo foi no dia 27, contra o Criciúma. Desde então, ficou no banco nos jogos contra Fortaleza e Athletico, sem ser utilizado.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.