Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Mauricio entra no top-10 das vendas mais lucrativas da história do Inter

Colorado confirmou a venda do meio-campista para o Palmeiras por cerca de R$ 41 milhões. Ele se torna a oitava venda mais cara da história...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Ricardo Duarte/Internacional

O Internacional confirmou a venda do meio-campista Mauricio ao Palmeiras, nesta quinta-feira (27). O Alviverde investirá sete milhões de euros (cerca de R$ 41,1 milhões na cotação atual) por 50% dos direitos do atleta. Assim, a negociação se torna uma das dez mais lucrativas da história do Colorado. Fica, então, em oitavo lugar.

O treinador Eduardo Coudet já havia confessado a conclusão das tratativas após a vitória sobre o Corinthians, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis, na semana passada.

“Mauricio está vendido. Nós não queríamos vender o Mauricio. Armamos o ano para não vender ninguém, mas o clube tem que sobreviver. Tudo mudou”, detalhou o comandante argentino.

Publicidade

Aliás, o clube gaúcho pretendia segurar Mauricio até o final da temporada. Principalmente porque esperava que ele conseguisse uma valorização por disputar os Jogos Olímpicos de Paris. Contudo, a Seleção Brasileira não conseguiu a vaga para a competição.

Inicialmente, o Colorado pretendia vendê-lo entre oito milhões de euros (cerca de R$ 46 milhões na cotação atual) e dez milhões de euros (equivalente a R$ 58 milhões na cotação atual).

Publicidade

Mesmo assim, o Inter reavaliou a decisão e deu sinal positivo ao Verdão. O meio-campista também aprovou a oferta.

Mauricio chegou ao Inter em 2020 após uma troca com o Cruzeiro e que envolvia também o atacante William Pottker. Ao todo, o jogador atuou em 176 partidas e marcou 25 gols.

Publicidade

Top10 vendas mais lucrativas da história do Internacional

  • Yuri Alberto (2022) – R$ 120,75 milhões – Zenit, da Rússia
  • Oscar (2012) – R$ 79 milhões – Chelsea, da Inglaterra
  • Bruno Fuchs (2020) – R$ 51 milhões – CSKA Moscou, da Rússia
  • Aránguiz (2015) – R$ 50 milhões – Bayer Leverkusen, da Alemanha
  • Nilmar (2009) – R$ 45 milhões – Villarreal, da Espanha
  • Fred (2013) – R$ 44 milhões – Shakhtar Donetsk, da Ucrânia
  • Leandro Damião (2014) – R$ 41,6 milhões – Santos
  • Maurício (2024) – R$ 41,1 milhões – Palmeiras
  • Vinicius Tobias (2022) – R$ 36,8 milhões – Shakhtar Donetsk, da Ucrânia
  • Nico López (2019) – R$ 36 milhões – Tigres, do México

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook .

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.