Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Matheus Bidu é atacado nas redes por torcida do Universitario

Lateral fez uma publicação em tom de desabafo nas redes sociais criticando o racismo sofrido no Peru e foi atacado pela torcida peruana...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Jogada10
Jogada10

O Corinthians bateu o Universitario, do Peru, fora de casa, por 2 a 1, e avançou para as oitavas da Copa Sul-Americana. Contudo, o triunfo ficou de lado devido as diversas confusões no confronto. Após o embate, o lateral-esquerdo Matheus Bidu usou suas redes sociais para desabafar e criticou os atos racistas sofrido pelo Timão durante o jogo.

“Inadmissível existirem seres humanos imundos como vocês, lixos de pessoas. Acham normal atos racistas? Enquanto existirem pessoas como vocês, o mundo não vai para frente. Racistas de m…”, escreveu Matheus Bidu, em suas redes sociais.

Logo após essa publicação, o jogador recebeu mais ataques racistas de torcedores do Universitário. Entre as ofensas, foi chamado diversas vezes de “macaco”. Ele repostou algumas dessas manifestações.

Os atos racistas já haviam acontecido no jogo de ida, em Itaquera. Afinal, o preparador físico Sebastián Avellino Vargas, do Universitario, acabou preso por fazer gestos imitando um macaco. Ele ainda está preso em São Paulo.

Publicidade

Aliás, a partida ficou marcada também por uma confusão generalizada após o segundo gol do Corinthians. O jovem Ryan balançou as redes e, durante a comemoração, mostrou a camisa para a torcida peruana. Contudo, o gesto não caiu bem nos jogadores que partiram pra cima do atleta e uma briga se iniciou. Dois jogadores de cada time foram expulsos e o Timão saiu classificado. Nas oitavas, enfrentará o Newell’s Old Boys. Pela classiciação o time abocanha uma premiação de US$ 550 mil (R$ 2,6 milhões).

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.